25 de maio de 2016 Por
4 Em Comportamento/ Reflexões/ Viena

Transporte Público em Viena

Olá pessoal.

Hoje vou compartilhar com vocês minha matéria que saiu no site www.brasileiraspelomundo.com

transporte 01

Bondinho elétrico em Viena

A Áustria é um país relativamente pequeno, com aproximadamente 8 milhões de habitantes e, segundo dados do Banco Mundial, está entre os países com maior renda per capita do mundo. A boa notícia não para por aí. A capital, Viena, foi eleita, e permanece no pódio pela sétima vez consecutiva, a melhor cidade para se morar no mundo, de acordo com os resultados da pesquisa realizada pela consultoria Britânica Mercer, após analisar 39 critérios em 230 cidades.

A avaliação foi realizada sob os aspectos político, social, econômico e sócio-cultural, observando-se os serviços básicos, prestação de serviço e infra-estrutura.

E eu, vivendo aqui há mais de uma década, compartilho da mesma opinião. Viena é um lugar muito bom para se viver. Já escrevi neste post aqui sobre 10 razões para morar nessa cidade e, como nem tudo tem só o lado positivo, também escrevi este outro post aqui, contando outras coisas que não são tão legais por aqui.

transporte 02

Hoje vou falar um pouquinho sobre um dos serviços oferecidos pelo Estado, que utilizo com mais freqüência e gosto muito, o tal transporte público. Ele é tão bom para moradores, quanto para visitantes. A cidade atrai mais de 12 milhões de turistas ao ano, e uma das melhores formas de conhecer o centro histórico é a pé ou usando transporte público, pois, além de rápido, com intervalos que variam de 3 a 10 minutos, é prático e tem um preço justo.

Curiosidade – O acesso ao transporte público não tem catraca. E eu, com a minha ignorância, quase tive um prejuízo. O acesso livre me levou a crer, logo que cheguei aqui, que o sistema seria gratuito. Passei um dia inteiro andando pela cidade sem pagar nada. E, por sorte, naquele dia, não houve nenhuma fiscalização, senão a falta de informação teria custado caro. A fiscalização é feita por controladores à paisana que entram no metrô, bondinhos elétricos ou ônibus, e pedem o ticket da passagem. E aqui não tem perdão, qualquer pessoa encontrada durante uma inspeção sem um bilhete válido, tem de pagar 103 euros em dinheiro, além de passar muita… muita vergonha.

Então não deixe de comprar seu ticket nas máquinas do metrô e/ou bondinhos, ou com o motorista de ônibus. E não se esqueça de validá-lo na maquininha azul, conforme a foto abaixo, pois mesmo que tenha o bilhete em mão, se ele não tiver sido validado, você pagará a multa da mesma forma. Observe que tipo de ticket você comprou e valide-o conforme a necessidade.

transporte 03

Máquina para comprar ticket e validar na caixa azul

Preços e tipos de tickets – A primeira vez na vida que ouvi que iriam baixar o preço das passagens de transporte público foi em Viena, em 2011. O governo decidiu incentivar o uso do serviço, oferecendo a opção do cartão anual por apenas 1 euro por dia. O valor do cartão passou de 449 euros para 365 euros, preço que se mantém até hoje. Um grande benefício para a população. Além disso, as empresas ganharam isenção do pagamento de impostos sobre o produto ao oferecer o ticket a seus funcionários.

O sistema de transporte público é integrado, significando que não importa que tipo de condução você pegue para seu destino; sendo ele ônibus, metrô e/ou bondinho elétrico, é necessário apenas um único ticket. Ou seja, se o seu trajeto inclui troca de transportes, você precisa validar uma única vez e usar todos os veículos, desde que o bilhete esteja dentro do período de validade.

Aqui você encontra o link com todos os tipos de tickets. Escolha o que melhor se enquadra para atender a sua necessidade. Analise e veja os melhores preços, lembrando apenas de validá-lo quando for usar pela primeira vez e mantê-lo consigo durante todo do trajeto.

transporte 04

foto retirada do site www.wien.info

Sistema de metrô – As estações de metrô interligam os principais pontos da cidade e, se comparado a outros grandes centros, o sistema de transporte é bem pequeno. A palavra metrô, em alemão, é U-Bahn e, na entrada de cada estação, é possível ver uma placa azul com a letra U escrita em branco.

Para conhecer os principais pontos turísticos ,você praticamente passará por quase todas as linhas, caso sua opção seja usar as linhas de metrô. São apenas 5 linhas, separadas por cores. Temos as seguintes linhas:

– U1 (vermelha): Leva exatamente para o centro da cidade, onde há o símbolo da igreja São Estevão, bem no centro do mapa.

– U2 (roxa): Leva para as proximidades dos monumentos administrativos e museus.

– U3 (laranja): Leva para as ruas de compras (Mariahilferstrasse)

– U4 (verde): Leva ao Mercado Central (Naschmarket) e ao Palácio da princesa Sissi (Palácio Schönbrunn)

– U6 (marrom): Essa linha, provavelmente, não será muito utilizada por turistas, mas leva ao maior Hospital Público da cidade (AKH).

Notou que não há o U5? Ele está previsto para começar a ser construído em 2018 e inaugurado em 2023.

Um site muito bom para saber o seu itinerário é: www.vor.at . Nesse link, você coloca a sua localização no ponto de partida e seu destino, e o site indica a melhor rota e qual transporte público utilizar.

Portas do metrô e bondinho – Aqui quem abre a porta do metrô e dos bondinhos é o passageiro, nada de portas automáticas. Os vagões antigos são bem complicados de abrir; caso não conheça o sistema e, se ficar na porta sem abri-la, certamente vai ter uma pessoa atrás bufando e quase te empurrando para abrir a porta. Então, se você não conhece o sistema, espere que outra pessoa abra a porta.

Pra que lado eu vou – Verifique no painel eletrônico para qual sentido você deve pegar seu trem. Ao descer na sua estação, sempre observe para que lado você deve sair, pois toda estação tem duas saídas. Se for trocar de transporte público, olhe nos painéis o número do bondinho ou ônibus que deve pegar.

transporten 05

Parada de ônibus em Viena com a tabela dos horários

Como se comportar em ônibus e bondinhos – Nas paradas, você consegue verificar a tabela com os horários dos ônibus e bondinhos. Eles, geralmente, são muito pontuais e têm intervalos de 5 a 10 minutos, dependendo do trajeto e horário. Aqui não é preciso acenar para que o motorista pare, pois ele, vendo alguém na parada, vai parar. Muitas vezes, para cumprir o horário, ele deve parar na parada mesmo que não tenha ninguém. Agora, na hora de descer, não esqueça de dar o sinal; alguns motoristas ficam irritados quando você quer descer e não aperta o botão.

Limpeza – Os transportes públicos costumam ser bem limpos, mas não se assuste, porque, principalmente no verão, alguns deles têm um cheiro desagradável. Nesse caso, o Estado de Viena não pode fazer nada, porque o cheiro é das pessoas que não tomam os devidos cuidados com a higiene pessoal, o que já é um outro departamento. Se quiser saber outras dicas de verão por aqui, acesse este link.

Bom, vou ficando por aqui, e mês que vem voltarei com outras informações da Áustria.

Se quiser me acompanhar estou no Instagram e no snapchat: kelypelomundo

Fotos e Texto: Kely Martins Bauer 

Texto publicado no site www.brasileiraspelomundo.com um site super interessante para quem quer conhecer o mundo através de diversos olhares. 

kely Pelo Mundo

Veja também

4 Comentários

  • Reply
    Carmen
    25 de maio de 2016 at 11:58 am

    Verdade, Kely!
    Cheguei de minha viagem a Europa no sábado passado onde passei por Viena e fiquei simplesmente apaixonada, encantada, maravilhada com tudo inclusive o metrô! Da estação de trem ao meu hotel na Mariahilfer pegamos duas linhas de metrô e em apenas dez minutos estávamos chegando, inacreditável, rs rs. As escadas rolantes não rolam, voam kkk. Imagine eu com uma mala tamanho M pesada, aos sessenta anos tentando “embarcar” nas escadas kkk. Bem, deu tudo certo. Amei Viena! Pena que na segunda-feira dia dia 16 de maio foi feriado e nem pudemos aproveitar um pouquinho o comercio maravilhoso da rua de meu hotel o tb maravilhoso Kummer. Seu blog me ajudou muito com tantas informações bacanas. Muito obrigada!
    Beijos.

  • Reply
    LUIZ ROBERTO RODRIGUES MARTINS
    26 de maio de 2016 at 11:33 pm

    O que mais me impressionou foi a pontualidade e a gentileza dos motoristas de ônibus que fazem ligação com o metrô. Fiquei de boca aberta ao ver o motorista sair de sua cadeira para ajudar uma senhora em cadeira de rodas e acomodá-la no ônibus. O ônibus baixou o motorista abriu uma plataforma, colocou a cadeira dentro do ônibus, voltou ao seu lugar e continuou a viagem.Quando a passageira cadeirante chegou em seu destino o motorista repetiu o gesto… não acreditei no que via….

  • Reply
    Iana Martins
    31 de maio de 2016 at 10:13 pm

    É importante conhecer e saber que é possível viver melhor. A organização e pontualidade é surpreendente em tudo em Viena. Essa postagem ficou bem prática, quem quiser visitar Viena pode ter a certeza que vai se locomover com muita tranquilidade. Tudo é feito para todos…

  • Reply
    Áustria – Aprenda como funciona o sistema do país para facilitar sua vida – parte2
    22 de outubro de 2016 at 2:00 pm

    […] público não tem catraca. Mas nunca esteja sem ticket, isso pode te custar muito caro. Leia aqui sobre transporte público em […]

  • Deixe um comentário