20 de agosto de 2015 Por
2 Em Europa/ Reflexões/ Viagens

Provence e Cotê d´Azur -4/4

Olá, gente linda!

Chegamos ao último post sobre a viagem no sul da França.  Se você ainda não viu os demais, clique aqui, aqui  e aqui.
Hoje vou compartilhar rapidamente as últimas 6 cidades que visitamos por lá.

image

Mougins

É uma cidade bem pequenina, que respira arte por toda parte. Fica a cerca de 15 min de Cannes e 30 min de Nice, e tem, aproximadamente, 20.000 habitantes. Foi refúgio de alguns personagens famosos, como Picasso, Winston Churchill e Christian Dior.

Pronto! Não preciso dizer que me apaixonei pelo lugar. A cidade é um encanto por completo.  Não foi à toa que Picasso a escolheu para viver seus últimos 15 anos de vida. E pra quem gosta do artista, a dica é  visitar o Museu de Fotografia, que apresenta uma mostra permanente do artista espanhol.

Tudo por ali é de tirar o fôlego. São ruelas, com diversos ateliês, galerias  e lojinhas com muitos trabalhos artesanais de alta qualidade. Um encanto puro pra quem tem bom gosto.  Em um cenário medieval e com uma atmosfera relaxante,  a cidade, sem dúvida, é um lugar interessante para visitar.

 

imageGrasse

Alfazemas, rosas e jasmim são alguns dos cheiros que exalam muitas das lojas  Grasse. Conhecida por ser a capital do perfume, lá também é um lugar especial.

Eu amo perfume, e quem não gosta? Pois é! Eu quase pirei por lá … nunca experimentei tantos aromas em um só lugar.

A cidade também é bem charmosinha, com uma linda atmosfera em suas ruas pitorescas e estreitas, alinhadas com ocre e suas janelas bem típicas da região.

Por lá é possível fazer vários programinhas, e os mais especiais são as visitas ao museu de perfume. Você sabia que um litro de óleo essencial de jasmim possui cerca de 1.000 kg daquelas flores? Então, na visita ao Musée Fragonard, foi possível aprender algumas coisas sobre como são fabricados os perfumes.

Quem tiver mais tempo,  também pode procurar na cidade cursos que ensinam a preparar sua próprias fragrâncias. Da próxima vez, vou fazer um curso só para ter um perfume exclusivo. Rs.

Logo pertinho, tem o Museu Internacional da Parfumeria  com uma excepcional coleção de objetos com mais de 5.000 anos de história do perfume.

imageCabris

Um cidade bem pequeninha que parece um estúdio do Projac. Com uma vista panorâmica e com ruelas charmosas, foi lá que Marie Saint- Exupéry,   mãe de Antoine de Saint-Exupéry, autor do Pequeno Príncipe, viveu seus últimos anos.

Minha sensação foi de que o vilarejo sempre remete a algo relacionado à vida do célebre escritor. Afinal, ele ficou mundialmente conhecido após a publicação do seu livro, em 1943. E dentre as frases mais tocantes, escolhi as seguintes:

. “aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.”
. “ A perfeição não é alcançada quando não há mais nada a ser incluído, mas sim quando não há mais nada a ser retirado.”
E, a  mais famosa de todas:
. “ Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”

O lugar é belo e muito tranquilo.

imageValbonne

De lá, passamos pela cidade de Valbonne. A cidade possui uma beleza arquitetônica bem distinta, com ruas estreitas  e agradáveis para passear, mesmo que num dia de calor do verão europeu. Nossa estadia pela cidade foi breve, apenas para uma pequena pausa para tomar um drink num dos charmosinhos restaurantes da cidade.

image

Nice

Nosso último dia foi em Nice. A cidade é muito interessante. Passeamos por suas ruas e aproveitamos para ver o mercado central.

As barracas de sabonetes ganharam destaque, tinham vários super coloridos e de perfumes diferentes, lavanda, olio de oliva, patchouli, rosa e muitos outros. Acho que nunca comprei tanto sabonete de uma só vez.
Adorei tudo!

Foi lá também que vimos os mais diversos tipos de sal, nas lojas das ruelas próximas ao mercado.

Uma cidade deliciosa, porém o intenso calor causou sensação  de desconforto, mas nada que tenha tirado o charme do lugar. Me diverti vendo as crianças entrando nos chafarizes espalhados pela cidade.

Resolvemos almoçar no mercado mesmo, num restaurante que dizem ser climatizado. Caímos no golpinho do ar-condicionado no mercado. Aff!, desnecessário. O lugar continuou quente, a comida era boa, mas nos arrependemos de não ter escolhido outro lugar para sentar.

O calor era tão intenso que resolvemos fazer compras na Galeria Lafayette,  para esfriar a cabeça e o corpo. Mas achei o shopping fraquinho, comparado a outros da mesma rede.

imageBeaulier-sur-mer

De lá partimos para nossa última parada em Beaulier-sur-mer. A cidade encontra-se na Côte d’Azur, entre Nice e o principado do Mônaco, nas margens do Mar Mediterrâneo.

Estacionamos o carro próximo ao mar, e fomos caminhando entre algumas pedras e calçadas na encosta. Entramos num restaurante Le Berlugan A la Plage que está funcionando dentro de um Hotel desativado.

Superdivertido, com uma música ao vivo e com cara de férias, resolvemos ficar. Tomamos um drink, dois, três e depois resolvemos comer. Um boa opção. O lugar funciona apenas há um mês e é um projeto novo. Valeu muito a pena.

De lá fomos direto para o aeroporto, onde nosso voo atrasou 4 horas. Cheguei em casa podre de cansada, mas feliz da vida por ter conhecido belos lugares e aprendido algumas lições.

Bom pessoal, vou ficando por aqui e volto na próxima semana com outro post.

Quem ainda não viu os vídeos no Youtube sobre passeio na Áustria e em Israel clique aqui.

Beijinhos e até a próxima

Vamos as fotos?

 

 

image

Loja fofa demais! Quase tudo artesanal

image

perfumes e mais perfumes

image

Ruelas charmosas de Mougins

image

Diversas galerias

image

Esculturas

image

“modelette”

image

Aprendendo sobre os perfumes

image

Sabonetes

image

Detalhes nas antigas janelas em Grasse

image

Cura tudo com ervas

image

Museu do perfume

image

Condimentos

image

Cabris

image

Vista de Cabris

image

Pelas ruas em Cabris

image

Vaulbonne

image

pauzinho para um drink

image

charme

image

tudo se relaciona a queijos e vinhos 🙂

image

Nice

image

Sais de todos os tipos

image

Calor de matar

kely Pelo Mundo

Veja também

2 Comentários

  • Reply
    zelia
    20 de agosto de 2015 at 3:29 am

    Amei as fotos…

  • Reply
    Bernadete Teixeira
    24 de agosto de 2015 at 11:18 am

    Gostoso de ler o relato, fica uma idéia clara do lugar. Passar por onde pessoas célebres deve dá uma sensação de proximidade com os tempos remotos, algo atemporal. Parabéns, continue nos mantendo informados das delícias da vida.

  • Deixe um comentário