8 de julho de 2015 Por
7 Em Europa/ Reflexões/ Viagens

Provence e Cotê d’ Azur – 1/4

image

Oie!

Semana passada estive no sul da França e queria compartilhar com você o tempo gostoso que passei por lá com um grupo de amigos. Foram 9 dias num lugar encantador na região de Cotê d’Azur.

Há quase 6 anos viajamos anualmente com dois casais, que dividem conosco o mesmo interesse na área gastronômica e cultural. E para entrar no clima, curtimos antecipadamente a viagem por 3 vezes, isso porque cada casal preparou um jantar de acordo com a culinária local. Programamos tudo com bastante antecedência.

Rodamos nesses dias um pouco mais de mil quilômetros, visitamos 18 cidades, nos deliciamos com a cozinha francesa, pernoitamos em 3 “casas”, tomamos muitas e muitas garrafas de Champagne Rosé, rimos muito, nos surpreendemos, nos decepcionamos (ops! essa parte é só minha) e aprendemos outras coisinhas mais … especialmente no que está conectado às relações humanas. E, claro, passamos muito muito calor.

Yuhuu! Estamos no verão, mas o verão europeu castiga um pouco, por vários motivos. Acho que o corpo desacostuma com o calor, devido ao longo tempo que passamos com baixas temperaturas, além disso a baixa infra-estrutura como falta de ar-condiconado nos lugares e pouca ventilação, aumenta o nosso estado de “sofrência” por alguns poucos dias no ano.

Entendi, finalmente, porque o Harry, o maridex, evita ao máximo fazer turismo em área urbana, nesta época do ano, simplesmente porque é muito quente e a sensação térmica é elevadíssima. Na verdade, para curtir os dias livres neste período, ele prefere passear pelas regiões dos lagos, e nisso, sem dúvida, a Áustria é fantástica.

Nos aventuramos na região árida francesa, porque meu objetivo era ver as plantações de lavanda. Tudo é um charminho e fofinho por onde passamos. Em alguns lugares, tive a impressão de estar em cidades cinematográficas, onde quase não se via pessoas na rua e tudo extremamente limpo.

Agora, prepare o bolso. A região é bem carinha. Acho que tomei a água mais cara da minha vida, principalmente porque, na Áustria, eu tomo água da torneira e, se você pedir água da pia num restaurante, não paga por isso e eu odeio água com gás. Rs.

Vou fazer uma breve descrição de tópicos gerais e uma síntese do caminho percorrido. Vem comigo!

Aeroporto e aluguel de carro – Pegamos um voo direto para Nice no sábado de manhã. Alugamos uma van pela Europcar. Gente! Tudo foi reservado e pago com antecedência, mas acreditem, foram quase duas horas para que pudéssemos sair “motorizados”. Detalhe: o tempo de espera foi num ambiente fechado, em pé e num calor “arretado”. Harry, gentilmente, se dispôs a ficar na fila na companhia de outra amiga que fala francês, enquanto os demais ficaram num bar iniciando os trabalhos com Champagne. Aplauso pro Harry e Gerti. Vocês são lindos!

Hotéis e tarefas – Desta vez fizemos uma programação diferente.

Para as primeiras três noites alugamos uma casa dentro de um hotel Les Mazets dês Roches  Bem interessante! Na verdade, era uma casa com 3 quartos e uma deliciosa piscina enorme, só pra gente. Me lembrei das casas do Park Way, em Brasília, com muitos pinheiros ao redor. Para alegria de muitos, não tinha wi-fi e a casa ficava a cerca de 5 min do hotel, com toda tecnologia e um maravilhoso restaurante. Ou seja, toda a privacidade de uma casa, mas com a estrutura de um hotel logo ali. Relembrei meus tempos de criança, quando meus pais alugavam casas para que o pessoal pudesse passar 15 dias se divertindo na praia.

As duas noites seguintes foram num Apart hotel, com piscina, e as últimas 3 noites foram num hotel convencional, também com piscina.

Já no primeiro dia Harry e Claudia se encarregaram de fazer as compras do café da manhã para aos 3 dias consecutivos. Eu fiquei responsável pela decoração, composição da mesa e parte do preparo do café da manhã. Como gosto de lavar louça (meu lado lerê é forte nisso, rs ) ajudei também a cuidar dos demais afazeres. Após, porém, descobrimos uma máquina de lavar louça e meu trabalho foi reduzido. Werner ficou com os cuidados da piscina, tirando os bichinhos indesejados … e, assim, espontaneamente , cada um assumiu uma tarefa.

Como minha mãe sempre diz, se todo mundo fizer um pouquinho não fica pesado pra ninguém. A experiência foi super legal porque de certa forma vivemos a “vida” francesa.

mesa

Café da manhã – Eu geralmente não tomo café da manhã, pois, se tiver que optar por dormir ou comer, prefiro a primeira opção. Mas, em final de semana e férias, isso é fundamental. Quem já foi minha visita sabe do que estou falando.

O café da manhã preparado por nós foi maravilhoso – uma mistura de italiano com francês. Uma delícia de viver. Ops! Esqueci de fotografar a mesa ao lado com as frutas e pães.

Deixando as tarefas de lado, vamos ao nosso tour? Vou dividir nossa viagem em 4 post, e hoje vou começar com um breve relato de 3 lugares em que estivemos.

Tarascon– Sábado à noite jantamos no restaurante do hotel, uma delicia, por sinal. Domingo passamos o dia inteiro na piscina. Como foi o primeiro dia, estávamos todos empolgados e a diversão foi garantida. Parecia um monte de adolescentes em festa na casa dos pais quando eles viajam. E haja champagne! Tim-tim! Saúde! Prost (nosso brinde em alemão). Ops, acho que exagerei na dose. Dormi na beira da piscina. Sorte que na sombra…

imageChâteauneuf-du-Pape – No final da tarde fomos passear pela cidade Châteauneuf-du-Pape, para ver as ruínas do castelo construído para os papas que dominaram a região francesa por quase 100 anos. E lógico que, como bons amantes do vinho, por todo lado é possível ver as vinícolas e castelos no caminho.

Em seguida, nosso destino foi Avignon.

imageAvignon– As muralhas medievais baixas ainda cercam o centro histórico de Avignon, e transformam a cidade num conto de fadas. O Palais des Papes, lar de papas medievais, é enorme, encantador e belíssimo, tanto de dia quanto à noite.
Pena que chegamos tarde demais, por volta das 7 da noite, e não passeamos pelo parque. Jantamos no restaurante próximo ao palácio. O pessoal estava meio irritadinho e com fome, e acabamos sentando no primeiro restaurante com uma cara boa. Eu adorei meu steak mal passado e, de entrada, pedi Scargot, minhas lesmas prediletas.

Eu, particularmente, se pudesse, teria ficado mais tempo para aproveitar a cidade. Mas, desta vez, como eu não ajudei a montar o roteiro, então nada mais justo que não dar palpite. A dica fica pra você.

Depois disso, voltamos pra casa cansados. Como estava muito quente, o pessoal se reuniu na piscina gelada para papear. Eu não aguentei ficar muito tempo e logo fui dormir.

Bom Pessoal!
Hoje vou encerrando por aqui e logo volto com o mini resumo das cidades. Prometo ser breve em cada estação!

Beijinho

Kely

algumas fotos

Piscina

Hora nadar que tá quente demais!!!

meninas

Em Châteauneuf-du-Pape

image

Avignon – Que lua é essa?

 

Avignon

Parece conto de fadas…

comida

Comidinhas deliciosas

image

Patê de fígado – Amooo!!!

image

Sobremesa

image

1. noite no restaurante do Hotel Les Mazers dês Roches in Tarascon

image

Nossa 1a. casa

O conteúdo desse Blog pode ser reproduzido, desde que a fonte http://www.femmevolatil.com seja indicada.

Texto e fotos :Kely Martins Bauer

Revisão: Maria Lucia Castelo Branco

kely Pelo Mundo

Veja também

7 Comentários

  • Reply
    Nanda | Vontade de Viajar
    9 de julho de 2015 at 3:33 pm

    Que lugar lindo! Adorei o lustre de taças! ♥

  • Reply
    Iana Martins
    10 de julho de 2015 at 11:13 pm

    Que bom ver lugares assim, tão encantadores! Delícia.. Verão tudo de bom.
    Beijos

  • Reply
    Estônia um paraíso medieval. | Femme Volátil
    15 de julho de 2015 at 5:49 pm

    […] ← Provance e Cotê d’ Azur – 1/4 […]

  • Reply
    Provance e cotê d´Azur – 2/4 | Femme Volátil
    22 de julho de 2015 at 5:38 pm

    […] superanimada para continuar falando da minha viagem ao sul da França. Hoje vou compartilhar rapidamente sobre 5 cidades que visitamos em um dia. Parece muito… […]

  • Reply
    Provence e Cotê d´Azur – 2/4 | Femme Volátil
    25 de julho de 2015 at 3:41 am

    […] superanimada para continuar falando da minha viagem ao sul da França. Hoje vou compartilhar rapidamente sobre 5 cidades que visitamos em um dia. Parece muito… […]

  • Reply
    Provence e Cotê d´Azur – 3/4 | Femme Volátil
    5 de agosto de 2015 at 10:05 am

    […] que visitamos em três dias. A região é belíssima e quem perdeu os posts anteriores pode acessar aqui e […]

  • Reply
    Provence e Cotê d´Azur -4/4 | Femme Volátil
    20 de agosto de 2015 at 3:24 am

    […] ao último post sobre a viagem no sul da França.  Se você ainda não viu os demais, clique aqui, aqui  e aqui. Hoje vou compartilhar rapidamente as últimas 6 cidades que visitamos por […]

  • Deixe um comentário