23 de setembro de 2014 Por
0 Em Reflexões

Por que viver para muitos é des-espera-dor!? 

 

Saber-Esperar-2

Esses dias vi um vídeo no TED do Ric Elias, um executivo que sobreviveu a um acidente avião. Lembra daquele pouso emergencial, feito com sucesso, no Rio Hudson nos EUA em 2009? Pois é, próximo a sua possível morte, Elias pensou em 3 coisas e por ter sobrevivido tem as colocado em prática. Ai segue um resumo:
1. Adiar a lista de coisas para fazer e pessoas para ver – “Entendi que tudo muda em um instante, nós temos listas de desejos antes de morrer, coisas que queremos fazer na vida. Pensei em todas as pessoas que eu queria entrar em contato, todas as cercas que eu queria ter consertado, todas as experiências que eu queria ter e eu nunca tive”.

2. Discutir e brigar não vale a pena – “Eu me arrependi de perder tempo com coisas desnecessárias, com pessoas que são importantes para mim”. “Eu decidi eliminar as energias negativas da minha vida. Eu já não tento ter razão; Eu escolho ser feliz”.

3. Ser o melhor pai- “Eu só gostaria de poder ver meus filhos crescerem. Percebi que a única coisa que importa na minha vida é ser um grande pai”.

Ele também descobriu que morrer não é assustador, mas é triste.

E ai fiquei pensando se morrer não é assustador, então por que viver para muitos é des-espera-dor!? Tem pessoas que só esperam a dor, já percebeu?

Se a gente parar para analisar nossos pensamentos, vamos avaliar que muitas vezes pensamos coisas ruins e geralmente as criamos com nossos medos e angústias. Que tal tentarmos trocar tudo isso que atormenta por coisas boas!? Com certeza a vida será mais leve.

Mais do que ter um pensamentos positivo é necessário ter atitudes positivas.

E como ser positivo quando tudo vai mal e até mesmo quando tudo vai mais ou menos!?

Cada um precisará encontrar seu próprio caminho. Escute seu interior, pois não existe uma resposta concreta, creio que assim diria o mestre dos magos do desenho animado da caverna do dragão… rs.

Claro que o caminho é diferente, mas existe uma série de pequenas atitudes que podem te ajudar nesse processo.

Tenho buscado o meu caminho. Não sou a dona da verdade, afinal pra mim não existe uma verdade, apenas fragmentos de um todo. Cada um avalia a situação conforme suas experiências e expectativas.

Então, que tal minimizar as coisas, dentro elas, as dores!?

Estou mudando um pouco a rotina, não sou especialista em nada, mas são apenas pequenas mudanças que estão servido para me melhorar como ser humano. Quem sabe também não te ajuda. Vamos lá?

– Tomar em jejum um copo com suco de um limão, raspas de gengibre com água morna. Estranho, mas me dá mais energia.

– Repor as substâncias que perdemos com o passar dos anos, como por exemplo, o colágeno.

– Na hora do estresse, tentar se manter distante da situação. Às vezes, se calar é um bom escudo. Ainda estou longe de alcançar, mas sigo tentando;

– Fazer duas vezes por semana uma atividade física que te deixa feliz. Sem dinheiro pra uma academia!? Coloca o tênis e vai caminhar nas redondezas de casa e aproveita que no Brasil é quente. Se não puder, compre uma corda e vai pular corda por alguns minutos. Se tiver filhos esse seria um bom momento para estar com eles e fazer um pouquinho de exercício físico;

– Reserve um tempo só para você, mas nada de ficar fuçando na internet, aproveite para ler um livro nem que seja meia hora, isso tira o estresse e te leva para um outro mundo aumentando a criatividade;

– Está tudo embolado ou agitado demais? Pare para respirar, isso ajuda a gente a se perceber e acalmar os ânimos;

– 5 minutos de meditação ou oração são mais eficazes do que cultivar maus pensamentos, deseje o bem e entregue. Não tem tempo!? corre pro banheiro e use esse tempinho só seu, mas se não for no banheiro pode ser no chuveiro, no sofá, na rua, no carro; o importante é se conectar.

– E o principal: não esqueça de fazer, uma vez por ano, um exame de sangue para saber se suas taxas de hormônio e vitaminas estão equilibradas, pois se o seu corpo não estiver bem, cuidar da mente fica mais difícil. Eu, por exemplo, estava com baixa de vitamina B e estava chata e bravinha demais;

E você!? O que vai fazer para ter uma vida melhor? Comece hoje porque amanhã definitivamente não existe, só existe o agora.

Segue ai o link do vídeo e pra quem quiser indico um livro muito doido: O poder do agora Eckhart Tolle um Bestseller do New York Times.


 

Texto: Kely Martins Bauer / Revisão: Cinthia Stylianou

O conteúdo desse Blog pode ser reproduzido, desde que a fonte http://www.femmevoltatil.com seja indicada.

Imagens: Internet. Se alguma foto for sua e você deseja que ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Iremos atender sua solicitação o mais breve possível. Obrigada.

 

kely Pelo Mundo

Veja também

Comentários

  • Reply
    Silvia
    23 de setembro de 2014 at 6:36 pm

    Muito bom!!! Adorei!! Como nao vamos deixar o que queremos para amanha, qdo vamos para St Petersburg??? 🙂

  • Reply
    maria celeste pedroso
    24 de setembro de 2014 at 9:34 pm

    Adooooro td q vc escreve !!!😊 bjs

    Date: Tue, 23 Sep 2014 19:23:52 +0000
    To: marpedroso@hotmail.com

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      26 de setembro de 2014 at 6:34 pm

      Maria Celeste que bom receber um recadinho seu. Beijos

  • Reply
    Anônimo
    25 de setembro de 2014 at 11:01 pm

    Como é mesmo importante termos a nós mesmos, conscientes, ouvindo nosso interior. Isso também é amar a si e quando amamos a nós mesmos enxergamos a beleza da vida…E no segundo vídeo quando fala sobre os pensamentos, e estes tem o poder de nos ajudar ou prejudicar de acordo com quê acreditamos. Maravilhoso!!
    Lindo.

    • Reply
      Iana Leite Martins
      25 de setembro de 2014 at 11:05 pm

      Esse anônimo aí sou eu, Iana. Não entendi..

  • Reply
    Outono/ Inverno: Pequenas mudanças para enfrentar o difícil período. | Femme volátil
    15 de outubro de 2014 at 4:23 am

    […] pra ser uma pessoinha melhor no inverno vou fazer pequenas melhorias.  Algumas delas você vê AQUI, mas além disso você […]

  • Deixe um comentário