23 de agosto de 2017 Por
2 Em Europa/ Viagens

Holanda: Dordrecht, um encanto de cidade para incluir no roteiro de Viagem

Quero compartilhar com vocês mais um encanto de cidade para incluir no roteiro de viagem, quando você estiver na Holanda.

A charmosa cidade de Dordrecht fica a 20 km de Rotterdam.   É cercada de água por todos os lados e fica na junção dos rios Maas, Noord e Merwede. A cidade possui uma economia baseada na  indústria de madeira, aço e construção naval.

Atualmente possui 120 mil habitantes e os primeiros registros da sua existência foram mencionados na metade do século XI. Mas  foi quase 200 anos depois que o lugar foi reconhecido como cidade.  Lá é possível ver a escola mais antiga do país fundada em 1253 e existe até hoje.

Dordrecht

A cidade charmosa

COMO CHEGAR EM DORDRECHT 

Há algumas formas de chegar a cidade. Como o dia estava lindo, eu  optei por pegar um barco e fazer o passeio de uma hora, de Rotterdam  até o porto de Dordrecht.  Minha aventura começou logo depois  de resolver o problema com as malas no guarda volumes de Rotterdam. (veja aqui se você perdeu o post).

BARCO

Então! Malas guardadas  fui para estação de metrô   Erasmusburg,   e peguei o Watterbus.   Você  compra o ticket na hora, dentro do barco, em uma máquina disponível, ou com o controlador. O valor do ticket é de 6 euros. Se você quiser levar sua bicicleta também pode e não paga nada a mais.

O passeio é bem gostoso, pois você vê em Rotterdam a ponte Erasmus e outros  pontos turísticos, e já quase chegando ao destino final passa-se por uma réplica da Arca de Noé. A obra é gigantesca e tem capacidade para até 5 mil pessoas. A idealização da obra foi do  holandês protestante Johan Huibers. Em 1992, após sonhar que os pólos seriam derretidos, fazendo com que ele fosse tragado pelo mar, o artista  iniciou o projeto da construção da grande Arca, que levou 20 anos para ser concluída e custou mais de 1,5 milhões de dólares. O tamanho é realmente de impressionar.

Vale a pena o passeio, especialmente se o tempo estiver bonito, mas, em caso contrário, acredito que não seja necessário incluir na programação.

TREM

Se quiser, você também pode ir de trem, que é bem rapidinho, cerca de 15 minutos, super confortável e  com um WIFI excelente. O valor da passagem é de 4,00 euros e você pode comprar o ticket na hora, dentro da estação de trem.

o que fazer em roterdam

Um das ruelas da cidade

DORDRECHT

Logo que  você sair  do porto, observe o portão de entrada da cidade, ali ao lado há alguns cafés e restaurantes. Aproveite para tomar um aperitivo e descansar, tendo uma vista para o rio.

Depois, é só se perder pela cidade. Vale a pena ir sem um roteiro predeterminado. Ao andar pelas ruelas, observe as fachadas coloridas, e aproveite para passear pelas pontes de madeiras e nos canais da cidade. Entre nas lojinhas que funcionam aos domingos, igrejas e museus, e divirta-se em uma cidade que encanta pela sua história e atmosfera.

CURIOSIDADES

Mochila em mastro 

Em algumas ruelas, vi um mastro  com a bandeira do país, onde havia uma mochila pendurada. Sabe o que isso significa? Que o estudante daquela casa passou nas provas e está pronto para encarar a universidade. Achei a ideia ótima.  Lembro que essa tradição também pode ser vista em outras cidades do país.

tradição no país

Casas estreitas  

Você sabe por que as casas na Holanda são tão pequenas e coladas umas nas outras? E sabe também o motivo pelo qual a maioria delas  são tão finas e altas e possuem somente uma portinha e dois andares? (como falei das escadas no Museu da Anne Frank). Pois é! Há uma explicação interessante para isso.

Antigamente o imposto territorial era cobrado pelo tamanho da sua fachada na rua, portanto quanto mais fina a casa, menos imposto. E para driblar a lei e não pagar impostos construíram as casas com apenas uma porta na frente que depois se abre para um pátio grandioso no fundo.

Muito charme

Então, se quiser aproveitar para conhecer um  pouco da cultura aos arredores de Rotterdam ou Amsterdam, aconselho incluir no roteiro as cidade de Delft e Dordrecht.

Agora, quer um conselho? Se tiver tempo, reserve um dia para fazer tudo com muita calma e apreciar os lugares com mais tranquilidade. Namore a cidade e não apenas a flerte.

Da próxima vez, quero visitar a grandiosa Arca de Noé.

Espero que tenha gostado das dicas, e vou ficando por aqui. Até o próximo post.

 

Me siga também no: 

O conteúdo desse Blog pode ser reproduzido, desde que a fonte http://www.kelypelomundo.com seja indicada.

Texto e fotos: Kely Martins Bauer

Revisão: Maria Lucia Castelo Branco

kely Pelo Mundo

Veja também

2 Comentários

  • Reply
    Selma
    23 de agosto de 2017 at 12:44 pm

    Kelly,
    Rindo muito.
    Eu amo esta sua vida! Vida esta que você merece…
    No dia que você acordar com vontade de reclamar por alguma coisa…
    Pense que Deus só quer de você a tarefa de ver o mundo e contar pra gente.
    Aproveite. Aproveite muito.
    Aqui ,quebrando minhas pedras, (pedras estas que eu também mereço) , rsrsrs
    Adoro fazer esta mesma viagem quando você chega.
    Esqueço de comentar, mas adoro!
    E mande o próximo destino!
    Bjs,

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      27 de agosto de 2017 at 5:50 pm

      Ai Selminha você é uma fofa!!!! Beijos mil

    Deixe um comentário