26 de julho de 2017 Por
7 Em Áustria/ Comportamento/ Europa/ Reflexões/ Viagens

Furto em Viena e roubadas pelo mundo

 

Quando saímos de férias a última coisa que pensamos é em furtos e roubadas, ou como também conhecido como o conto do vigário, não é mesmo?

Mas sabemos que em todo o mundo há os famosos “mãos – leves” ou batedores de carteira, que são aquelas pessoas, que se aproveitam da sua distração para furtar e em Viena, apesar de ser considerada pelo oitavo ano consecutivo a melhor cidade do mundo para se morar, não é diferente.

Recentemente,  passei pela minha primeira experiência negativa na capital austríaca e, além disso, já colecionei algumas experiências com roubadas pelo mundo afora. Por isso, resolvi escrever esse post, visando alertá-los sobre o assunto.

Viena

Cuidado no metrô!

Episódio 1 

A situação que mais me deixou chateada foi um furto em Viena. Estava voltando pra casa com uma bolsinha lateral onde carregava meus pertences de valor e, nas costas, uma mochila. Eu já tinha pensado em deixá-la na minha frente, porém me distraí e achei que era bobagem.

O metrô estava lotado e, em determinado momento, senti a minha bolsa sendo mexida. Olhei para trás e um homem, que carregava um buquê de flores, pediu desculpas por estar tão próximo de mim. Eu nem desconfiei e desci na estação seguinte. Para minha surpresa, cheguei em casa e percebi que haviam levado uma bolsinha, que eu tinha uma apego danado, com vários acessórios para o celular, como bateria externa e lentes de olhos de peixe. Fiquei muito triste.

Episódio 2 

Anos atrás, estava subindo a escada rolante quando ouvi uma mulher berrando para que um rapaz na escada rolante oposta tomasse cuidado, pois estavam abrindo a sua mochila. A atitude da mulher evitou mais um furto, pois o batedor de carteiras, assustado, saiu correndo.

Cuidado com flores gratuitas

Um golpe bem comum em Viena e em algumas outras cidades europeias é o “golpinho das flores”. Uma ou duas mulheres lhe entregam um flor, dizendo que é um presente. Porém, no momento em que você aceita a flor, ela não desgruda mais de você e pede uma contribuição. Até aí tudo bem, mas em alguns casos isso é apenas para distrair, enquanto a comparsa dela aplica em você o famoso golpe da “mão – leve”, levando seus pertences.

A dança dos copos e dados

Se você vir um grupo, geralmente de homens bem arrumados, fazendo aposta na rua, não pare para ver. O golpe funciona da seguinte maneira: são colocados 3 copos de cabeça para baixo e um deles terá um dado dentro. Um homem movimenta as peças e sem que ninguém perceba, retira o dado e o coloca em outro copo. O apostador, então, pode até ter escolhido o copo certo, mas, por causa do truque, não irá ganhar a aposta, que custa cerca de 50 euros. Enquanto isso, curiosos se agrupam para ver o que acontece.

Vale lembrar, que geralmente no começo, o primeiro apostador faz parte da gangue e, assim, eles vão simulando um jogo onde o suposto apostador ganha com frequência, o que estimula outras pessoas a jogar. O grupo de curiosos cresce e, entre eles, há alguns batedores de carteira que fazem parte da trupe e se aproveitam da sua distração para levar seus pertences. Então, se vir um grupo aglomerado jogando, passe reto. Veja o video abaixo.

Lojas de departamento

Tenho duas conhecidas que tiveram suas carteiras retiradas de suas bolsas. Jovens entram na loja e ficam batendo papo bem pertinho de você e, num determinado momento, elas esbarram em você e rapidamente conseguem tirar coisas da sua bolsa, geralmente a carteira.

Restaurantes de fast-food

Três amigas estavam num restaurante de fast-food. Quando chegaram colocaram suas bolsas em uma das cadeiras vazias e, por cima, colocaram os casacos de inverno. Ao lado delas, um rapaz foi vestir o casaco e, antes de vesti-lo o sacudiu e se abaixou, puxando rapidamente uma das bolsas que estavam embaixo do amontoado. As meninas nem perceberam a movimentação do rapaz. Descobriram o golpe aplicado vendo as  filmagens feitas pela câmera do lugar.

Mercado Central

No verão, o mercado central de Viena, o Naschmarket, fica bem mais cheio e os restaurantes colocam as mesas nas calçadas. A atmosfera é super agradável e muitas mulheres colocam as bolsas penduradas na cadeira. Não faça isso! Você corre o risco de ter a sua bolsa levada rapidamente, sem nem perceber.

Paris 

Hotel

Um amiga foi passar férias em Paris e deixou seus pertences fora do cofre. Infelizmente, perdeu seu Ipad. Cuidado sempre com suas coisas, mesmo em hotéis.

Golpe do anel de ouro

De repente, uma jovem apanha no chão, na sua frente, um anel. Ela lhe oferece e, com gestos, pergunta se você não quer comprar. Quando aconteceu comigo, não entendia o que ela falava e fui alertada pelo meu marido que, sabendo da existência desse golpe, me disse para acelerar o passo e apenas ignorar a mulher.

Berlim 

Meus irmãos e eu estávamos passeando em Berlim quando, de repente, uma menina veio chamando atenção para preencher um formulário. Meu irmão percebeu que as garotas eram ciganas e queriam nos distrair para furtar. Ele deu um grito e disse: “cuidado com as bolsas”. As meninas se assustaram com o grito dele e e saíram de perto.

Turquia

O golpe do engraxate – Surreal

Eu achando divertido a cena e o cara tia era me dando o golpe hahah turista é um bicho besta

A pessoa deixa cair de propósito a escovinha de engraxar sapatos. Quando você, gentilmente pega e devolve a escovinha perdida, o engraxate fica tão agradecido que oferece para engraxar seus sapatos e não larga mais você até que se dê uma contribuição. Enquanto o cara engraxava os meus sapatos, seu amigo ofereceu para engraxar os sapatos de uma amiga.

Nesse momento, eu perguntei quanto custaria o serviço e ele disse que seria apenas uma contribuição. Logo em seguida, perguntei à minha amiga quanto o colega do outro estava cobrando e achei o preço absurdo, quase 10 euros.

Os caras aproveitam que a moeda é outra para se beneficiar, já que a gente perde a noção do valor das coisas.

Eu comecei a desconfiar da lábia do rapaz e avisei para minha amiga que não pagasse mais que dois euros, que aquilo era um golpe. Quando o serviço terminou, apareceu um francês conversando com a gente e perguntou quanto havíamos pago. O francês, ainda em estado de choque, nos contou que, na tarde anterior, caiu no mesmo golpe e acabou pagando 14 euros. Nossa! O  coitado caiu numa armadilha.

Fábrica de Couros

Fomos visitar Efésios, na Turquia, e, após nosso passeio com a guia de uma agência, nos foi perguntado se tínhamos interesse em ir a uma fábrica de casacos de couro. Chegando lá, os preços eram absurdos e a lábia dos vendedores era bem intensa. Cuidado para não se deixar levar pelo momento, fazer uma péssima compra e se arrepender depois. Posteriormente vimos o mesmo produto no Grand Bazar bem mais em conta.

Cuidados que se deve ter ao fazer turismo:

Seguro morreu de velho, já diz o ditado popular. Então, pequenos cuidados podem evitar prejuízos.

– Ao andar de metrô, especialmente se estiver cheio, procure deixar seus pertences de forma protegida. Transporte público europeu geralmente é seguro, mas ninguém está livre de passar por furtos.

– Coloque mochilas e bolsa sempre viradas para a frente. Se possível, use um cadeadinho para dificultar a ação do meliante

–  Cuidado com celulares nos bolsos.

–  Carteiras aparecendo, ou nos bolsos traseiros, também são muito chamativas, use-as dentro do bolso interno do seu blazer.

–  Bolsas –  deixe o zíper sempre para a frente e, se possível, coloque a mão entre a alça e o zíper. Se estiver com uma bolsa lateral, coloque a aba que abre a bolsa virada para seu corpo e procure deixar na sua frente.

–  Cuidado com distrações feitas por outras pessoas, especialmente se forem crianças.

– Não coloque sua bolsa pendurada em cadeiras. Isso é alvo fácil para quem estiver.

Espero ter ajudado, e até o próximo post.

Um abraço.

 

Perdeu o vídeo ai ele de novo!

Atenção ! A matéria foi publicada na minha coluna no site Brasileiras pelo mundo. Aproveite para seguir também esse site superinteressante feito por mulheres inteligente ao redor do mundo.

Me siga também no: 

  • Snapchat: kelypelomundo
  • Facebook: kelypelomundo
  • Twitter: kelypelomundo
  • Google: kelypelomundo
  • Youtube: kelypelomundo
  • Instagram: kelypelomundo

O conteúdo desse Blog pode ser reproduzido, desde que a fonte http://www.kelypelomundo.com  seja indicada.
Texto e fotos: Kely Martins Bauer
Revisão: Maria Lucia Castelo Branco

kely Pelo Mundo

Veja também

7 Comentários

  • Reply
    Cleiva Freitas
    26 de julho de 2017 at 11:20 pm

    Fico impressionada com a criatividade destes pilantras.
    Não é possível relaxar mesmo estando de férias, tem-se que curtir e ficar atento a tudo a sua volta.
    Alguns golpes as pessoas caem porque acham que vão conseguir vantagens, não entendo porque alguém participa destes joguinhos, acham que vão conseguir dinheiro fácil?
    Ótima material.
    Bjnhos.

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      29 de julho de 2017 at 7:03 am

      Incrível né? Chega a ser triste.
      Beijos

  • Reply
    Natalia
    27 de julho de 2017 at 9:31 am

    Ótimas dicas! Comigo já aconteceu em Paris essa do cara que “acha” o anel e diz que você deixou cair. Da 1a vez dei conversa e custei a me livrar do cara qdo percebi…. da 2a vez era um casal, aí já me livrei logo.
    Uma parecida com essa do engraxate aconteceu comigo pegando o trem na Italia. Estava com uma mala pesada e o cara “gentilmente” me ajudou a subir a mala para o trem, depois exigiu 10 Euros

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      29 de julho de 2017 at 7:03 am

      oi Natalia,
      10 euros? Affff que abuso!!!!

      Beijos Kely

  • Reply
    Rhayssa
    29 de julho de 2017 at 5:43 am

    Aonde foi o golpe do engraxate, Kely? Ótima matéria!

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      29 de julho de 2017 at 7:00 am

      Oi querida obrigada por comentar, no texto e no Video eu falo sobre o golpe na Turquia.
      Olha na matéria o titulo antes da foto e no video tem o nome do país antes de eu começar a falar.
      Achou?
      Beijinhos
      Kely

      • Reply
        Rhayssa
        4 de agosto de 2017 at 1:47 pm

        Ah sim, perdão! Distraí-me rsrs

    Deixe um comentário