13 de janeiro de 2016 Por
0 Em Reflexões/ Viena

Dez razões para morar em Viena

Oi gente querida!

Eu amo Viena certo? Os motivos dessa paixão foram publicado no site: www.brasileiraspelomundo.com. Vamos conhecer?

Viena apesar de ser a capital da Áustria, com aproximadamente 1.8 milhões de habitantes e ter muitos imigrantes, tenho sempre aquela sensação de viver num lugar com jeitinho de cidade pequena misturada com cidade grande.

Com uma economia estável, inflação baixa com média de 1,66 ao ano, baixo índice de desemprego e alto nível de escolaridade, não é de surpreender que é um bom lugar para se viver. Com índices tão positivos não seria diferente em relação a expectativa de vida que aumentou a média para 81,1 anos.

Encontrar razões para viver aqui não foi difícil. Então vamos começar falando do que todo mundo gosta. Diversão é o que não falta e o melhor: “cabe” em qualquer “bolso”.

1- Eventos– A prefeitura oferece, ao longo do ano, uma vasta programação a população. Geralmente são feirinhas temáticas espalhadas pela cidade que variam de acordo com as estações do ano e com as datas comemorativas.

Quase não tem pausa. É um evento atrás do outro. A entrada é franca e os gastos ficam por conta do consumo de bebidas e comidas no local. Pode ser que uma ou outra atração seja cobrada, como no caso da pista de patinação em frente à prefeitura, disponibilizada agora no mês de janeiro até início de março. O preço é simbólico. Você pode levar seus patins e brincar o dia inteiro por 6,5 euros.

2- Área Verde – Eu já tinha percebido, mas fiquei boquiaberta em saber que aproximadamente 50 % da cidade é composta por parques e jardins, somado um total de 280. O maior deles é o Wiener Prater com 600 hectares ou seja quase o dobro do Central Park em Nova York. Os parques são bem freqüentados. Quando as temperaturas sobem, todo mundo corre pra aproveitar a vida ao arlivre, mesmo dentro da cidade.

3- Limpeza– Viena é bem limpinha, mas no centro é possível sentir um cheiro forte de cocô de cavalo devido as carruagens, usadas como opção turística para conhecer a cidade. A prefeitura sempre lava as ruas à noite, principalmente no 1. Distrito onde o uso de charretes é bem presente. Há inclusive uns carrinhos especiais de limpeza que são mais usados no outono e no inverno.

nao morar 5

4- Carteira de “habilitação” para donos de cães – Isso mesmo você não leu errado. Os donos de cães considerados de luta, precisam passar por um cursinho e tirar a habilitação. E quem não fizer o registro do cachorro pode pagar multa de até 10 mil euros. Salgado o preço! Agora existem regras para todos os donos de animais. Caso o animal faça cocô e seu dono não jogue no lixo seus dejetos, pagará uma multa que vai de 36 a 330 euros. Pra facilitar a vida das pessoas, a prefeitura disponibilizou em vários pontos da cidade, próximos as cestas de lixo, os saquinhos plásticos para serem utilizados para retirar os excrementos de animais nas ruas.

morar2

5- Ponta de cigarro no chão pode custar caro – Ainda é possível fumar em alguns restaurantes em Viena, o que eu particularmente odeio, principalmente no inverno. Mas jogar ponta de cigarro no chão é proibido. Quem o fizer vai pagar multa a partir de 36 euros e se for jogado do carro o valor mínimo sobe para 75 euros. Nos lixinhos da cidade criaram um cinzeiro, evitando assim que as pessoas joguem o cigarro ainda acesso na lata de lixo, causando acidentes.

6- Carnaval dura 3 meses – Ele começa no dia 11 de novembro. Mas calma lá! nada de samba no pé. Aqui o negócio é bailinho com direito a valsa e festejar como na corte. O período festivo só termina em fevereiro ou março quando o carnaval é comemorado no mundo inteiro. Mas não tem feriado aqui não, você pode até ir para a festa, mas no dia seguinte vai trabalhar normalmente.

7- Alimentação – Em Viena é possível almoçar em restaurantes por um preço bem em conta. Geralmente é oferecido um menu no almoço. Ele é composto de uma entrada, quase sempre uma sopa, e o prato do dia. O preço varia de 6 a 8 euros. Lembrando que as porções são grandes, a comida é boa e o tempo de espera é curto. Ideal pra quem não dispensa comida quente e tem pouco tempo de pausa.

salvar3

 

8- Fronteira com outros países– Pra quem gosta de viajar seja de carro, trem, barco ou ônibus encontra em Viena ótimas opções quando se trata do assunto. A cidade fica bem pertinho das seguintes capitais: Bratislava (Eslováquia) fica a 70 Km, Budapeste (Hungria) fica a 240 Km, Praga (República Tcheca) fica a 350 Km ou Liubliana (Eslovênia) a 450 km. Da até pra chegar no norte da Itália, na simpática cidade de Triest, que fica a 500 km ou ir para Munique na Alemanha que fica a 400km.

9- Bike– Aqui tem muita ciclovia, o que é ótimo pra quem quer se locomover e ao mesmo tempo se exercitar, mas nada comparado as conexões de Amsterdã ou Copenhague. É preciso conhecer a rota direito porque o perigo de andar na contramão e perder o caminho é bem fácil. Eu por exemplo tenho receio de andar, mas tenho amigos que só se locomovem de bicicletas.

salvar 4

10- Vinicultura- Ah! O tão saboroso vinho… É possível ver plantações ainda dentro da cidade. A tradição e o consumo de vinho é grande. Não existe uma comemoração ou encontro que se faça sem a presença dele. Há toda uma cultura sobre o assunto, uma delas é brindar em vários momentos. Depois conto mais detalhes. Enquanto isso encerramos esse Post com um brinde! Prost! Que significa Tim-Tim ou Saúde!

Texto publicado no site: www.brasileiraspelomundo.com

vinicula

 

 

 

kely Pelo Mundo

Veja também

Comentários

  • Reply
    Delma
    13 de janeiro de 2016 at 11:42 am

    Kely, eu, meu marido e mais um casal, estamos nos organizando para ir a Viena. Você que já mora aí a muitos anos poderia nos dar dicas de hospedagem? Poderia ser até apartamentos de temporada. Poderia dizer qual seria o melhor mês, o que visitar, o que fazer, melhor forma de nos locomover, a fim de que a viagem seja bem aproveitada?
    Obrigada.
    Delma

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      31 de janeiro de 2016 at 8:47 am

      Oi Delma, que maravilha saber que você está vindo. O verão é bem quente por aqui e o tempo está todo louco. Se querem temperaturas amenas devem vir em maio até julho. Meses quentes são julho e agosto e chove também. Setembro e outubro tem sido meses lindos. Nesse link tem dicas de comidas http://femmevolatil.com/2015/11/18/10-dicas-sobre-comida-em-viena/. Quanto a hotel indico ficar mesmo no centro porque dá para fazer tudinho a pé. Depende de quantas estrelas vcs querem mas no site booking.com a pesquisa é sensacional. Viena é uma cidade pequena e dá para fazer a pé ou de metro tudo muito simples. Vou preparar uns posts sobre turismo só para te ajudar com os detalhes. E é claro temos que marcar um café. Vou amar rever você. Será uma honra. Vamos combinar as datas. Beijocas mil.

  • Reply
    Iana Martins
    13 de janeiro de 2016 at 8:32 pm

    Estive por inesquecíveis, dezessete dias, em 2014 e quero ir novamente (ainda sem previsão). Quero levar meus filhos para conhecer. Educação e civilidade em tudo que se vê. Organização e beleza em cada detalhe. As pessoas são carinhosas e gentis. Facilmente se encontra grupos de amigos que se tratam como irmãos. Trago comigo tudo que vivi em Viena. Vale muito a pena!!
    Beijos,
    Iana

  • Reply
    Bernadete Teixeira
    14 de janeiro de 2016 at 9:03 am

    Deve ser muito bom morar em um país organizado e belo como a Áustria, especialmente Viena onde pelo pouco tempo que passei deu para perceber a ordem e educação de um povo, sem contar os monumentos e prédios bem cuidados, preservação é o ponto alto da cidade, sem contar o sistema de transporte excelente e muito mais. Agora, com todos os defeitos do Brasil, ainda me sinto privilegiada por morar em um país de muito sol, belas praias e acima de tudo a alimentação mais rica em variedade que já pude comparar. Bjs sobrinha.

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      31 de janeiro de 2016 at 8:50 am

      Bernadete, obrigada por comentar o post.
      Eu tenho uma mistura de sentimentos. Amo a Austria e o Brasil. Difícil comparar, pois o nosso Brasil é show demais!!! Beijos

  • Reply
    7 motivos para não morar em Viena | Femme Volátil
    20 de janeiro de 2016 at 9:00 am

    […] ← Dez razões para morar em Viena […]

  • Reply
    Carmem
    15 de fevereiro de 2016 at 3:02 pm

    Oi Kely! Estou amando seu blog!
    Eu vou em maio, ficarei no hotel Kummer na Mariahilfer Strabe 1060. Sei que é um ponto de comercio muito bom mas e as atrações turísticas ficam perto? você sabe me informar o que terei por perto do hotel e o que poderei fazer a pé?
    Obrigada

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      17 de fevereiro de 2016 at 4:15 am

      oi Carmen,
      Tudo bem? Obrigada por comentar por aqui. Então a localização do seu hotel é muito boa.
      Viena é uma cidade pequena e muito fácil de andar. Se tiver cansada dá para pegar metro e trem de superfície. É tudo bem fácil. Aqui tem umas dicas de onde comer. Dá uma olhada. https://femmevolatil.com/2015/11/18/10-dicas-sobre-comida-em-viena/
      Aproveite muito
      Se tiver dúvidas escreva.
      beijos

    Deixe um comentário