10 de dezembro de 2017 Por
0 Em Áustria/ Europa/ Viagens

Áustria – Dica de onde esquiar em Salzburg  

Quer uma dica para esquiar em Salzburg?

O inverno chegou e  como muita gente já está planejando as férias  e sempre me perguntam sobre estações de esqui na Áustria, resolvi compartilhar um pouco das minhas últimas férias nas montanhas austríacas.

Foi difícil escolher sobre o que falar, pois este ano já esquiei quatro vezes, e a região é simplesmente fantástica para praticar o esporte. Então, decidi contar como foi esquiar em uma das estações de esqui que balançou meu coração e me fez sorrir de felicidade.

Opção para esquiar na Áustria é o que não falta. Até mesmo pertinho de Viena tem estação de esqui, mas optamos pela região de Salzburg.

Foram 3 horas e meia de carro de Viena até chegar a cidade de Maria Alm. A estação de esqui me encantou em todos os sentidos. Pistas largas, poucas pessoas e visual de babar. A viagem foi incrível!

Primeiro, o tempo contribuiu muito. Não existe nada mais encantador do que neve fresquinha no chão e um céu azul sem nuvens. E depois, porque foram dias bem intensos e focados apenas no esporte.

Maria Alm é uma cidade muito charmosa! Infelizmente, não tivemos tempo para passear pela cidade a pé. Fomos de carro e UAU! Uma cidade minúscula rodeada por belíssimas montanhas.

E, para facilitar sua vida, montei um roteirinho, e aqui vão as dicas dessa viagem!!!

salzburg

Cidade:

Minha dica número um é: coloque no roteiro umas duas horinhas para andar pelo vilarejo. Lá você encontrará lojinhas e restaurantes fofos. Afinal, todo vilarejo na Áustria oferece essa infraestrutura.

Como chegar:

A cidade fica a aproximadamente 1 hora de carro da capital da região, Salzburg. Sugiro alugar um carro, mas se preferir pode ir de táxi ou verificar se há transfer direto do hotel para lá.

Tempo:

O tempo estava divino e você pode acompanhar nesse link aqui como está o tempo ao vivo.

Preço do cartão de esqui:

Há várias possibilidades de tickets. Veja aqui o que melhor se enquadra ao seu bolso e disponibilidade.

Pistas:

As pistas são super largas. Inclusive as pretas, consideradas as mais difíceis, são ótimas. A sinalização é muito boa também.

Mapas:

Pegue no seu hotel um mapinha das pistas nas montanhas, e tenha sempre um guardado no bolso. Fora isso, em cada estação também há  placas enormes com os mapinhas.

Melhor época do ano:

A partir de janeiro  até março é garantido que se tenha muita neve. Em dezembro e abril, é necessário verificar no hotel ou no site do tempo indicado anteriormente.

Quem não for esquiar ou estiver lá em outra época do ano, certifique-se de detalhes para um programa interessante, pois tenho certeza de que a região é bela em qualquer época do ano, só que sem a opção de esquiar.

Estadia:

Ficamos no hotel Langeck

Super bem localizado especialmente para quem já quer acordar, tomar café e sair, literalmente, direto na pista para pegar o primeiro elevador e subir as montanhas. Recomendo demais! Serviço amigável e comida boa.

Preços:

Atenção! Verifique no hotel se o valor é por pessoa ou por quarto. Geralmente, na Áustria, os valores são cobrados por pessoa e não pelo quarto.

Facilidades do Hotel:

O hotel é super tranqüilo e oferece sauna, piscina e uma área para relaxar. Muito satisfatório! Lembrando que sauna por aqui se faz pelado. Para saber mais leia aqui.

A sala para colocar os equipamentos é boa e o seu espaço  está separado com o número do seu quarto.

Desvantagens do hotel:

A única coisa que me incomoda nesse e em outros hotéis são os carpetes. Eu tenho uma certa agonia de carpetes, mas tudo bem, nada de tão ruim.

Equipamentos de esqui:

Levamos o nosso próprio esqui e nossas botas. Agora, você também pode alugar seus equipamentos na loja que tem pertinho do hotel, tais como os esqui, que são uma espécie de tábuas para fixar as botas, as botas, bastões, luvas, capacetes e óculos de neve.

Tomadas elétricas:

Na Áustria, a voltagem é de 220v , e as tomadas são como as nossas, no Brasil, com duas entradas arredondadas. Para facilitar comprei um adaptador com saída USB para 4 cabos, isso tem facilitado muito a minha vida especialmente quando preciso carregar vários aparelhos ao mesmo tempo como tablets, baterias externas  e telefones.

O que levar na mala:

Suas roupas de esqui, xales, suas roupas de baixo e roupas térmicas, gorros, luvas, meias apropriadas para esquiar, filtro solar, pois na montanha o sol é forte, biquíni e roupas de dormir, óculos de sol, tênis ou outro sapato confortável para andar dentro do hotel.

Restaurantes:

Optamos por jantar no restaurante do hotel todas as noites. Pegamos o pacote de meia pensão que inclui café da manhã e jantar. O sistema é muito simples, pois se escolhe no café da manhã o que será servido no jantar. A entrada é um buffet de salada e, em seguida, são servidos o primeiro, o segundo prato e a sobremesa. Não tive nenhum desapontamento com o cardápio.

Onde comer durante o esqui:

Toda montanha de esqui possui o que se chama de Hütte, que significa cabana, mas é uma espécie de restaurante rústico, sendo alguns mais estilosos que outros. E para fazer pausas, indicamos os seguintes restaurantes:

-Steinbockalm- Uma cabana super moderninha, que tem uma delícia de comida como costelinha e batata; o banheiro tem uma vista maravilhosa para as montanhas http://www.zum-steinbock.at

-Deantnerin – Esse restaurante também é uma delícia. Se estiver um tempo bom, aproveite para sentar do lado de fora. Se houver um grupo grande, faça reserva e seja pontual para não perder sua reserva. Não deixe de passear por trás do restaurante, porque tem uma vista linda por lá.   Agora, só tem um inconveniente: possui apenas dois banheiros femininos, o que pode fazer com que seu tempo de espera na fila aumente. http://www.deantnerin.at

Après-ski:

É uma festinha que acontece logo depois que acaba o dia de esqui. O pessoal se encontra no bar para beber e bater papo. Dessa vez, eu estava tão cansada que não fui para o bar, aproveitei as instalações do hotel para descansar.

Mas quem quiser se divertir, bebendo ao som da música alta, lá é o seu lugar. Ah!, tem só uma coisa chata ainda aqui na Áustria: Até maio de 2018, muitos lugares são destinados a fumantes. Então, se prepare para sair de alguns bares com cheirinho de cigarro.

Espero que tenha gostado das dicas.

Um beijo e até mais!

Me siga também no: 

  • Snapchat: kelypelomundo
  • Facebook: kelypelomundo
  • Twitter: kelypelomundo
  • Google: kelypelomundo
  • Youtube: kelypelomundo
  • Instagram: kelypelomundo

 

kely Pelo Mundo

Veja também

Comentários

Deixe um comentário