4 de novembro de 2015 Por
1 Em Comportamento/ Frufru feminino/ Reflexões/ Viagens/ Viena

Aprendendo com a natureza

image

Certa vez estava na Alemanha fotografando uma linda paisagem de outono, quando um colega do grupo me indagou: mas são só árvores, por que você se encanta com isso!? E eu, ainda fotografando uma delas, respondi: porque elas demonstram sabedoria.

Sua cara de interrogação me permitiu continuar a linha de raciocínio.

Elas não podem caminhar e se movem apenas com a chegada do vento, mas cada uma delas se transforma e traz dentro de si a própria mudança. Respeitam e sabem viver cada estação.

Na primavera se enchem de flores, embelezam e perfumam seus arredores e, em seguida, dão seus frutos, conseguem compartilhar o que tem, além de serem moradia para os pássaros que retribuem com uma linda canção em agradecimento pela hospedagem.

No verão, com suas folhas verdes, dão sombra para o cansado.

No outono, mesmo em dias cinzentos, vibram com suas cores vermelhas, amarelas e alaranjadas, insinuando uma transformação. Sinalizam silenciosamente que uma dura estação está por vir e, mesmo assim, trazem a esperança e encantam com sua beleza.

No inverno se despem e deixam sua aparência nua e crua, às vezes se vestem da gélida e alva neve e, enquanto se despem por fora, se resgardam por dentro .

Um ano inteiro se transformam e mudam o ambiente em que estão.

E você me pergunta onde há beleza nisso?

Observe e você poderá ser como elas: um ser diferente e lindo em cada estação. Troque as roupas da alma, encha de cor os seus sonhos, se dispa das hipocrisias e se perfume com as boas palavras do coração.

Aprenda com a natureza as respostas da sua alma e siga seu caminho dando frutos e sombra a quem precise.

Que possamos ser como árvores: quando não pudermos mudar algo, que mudemos a nós mesmos!!!

O video abaixo são dois minutos de um lindo outono .

Se gostou compartilhe!

 

<a href="https://www.youtube.com/watch?v=iavFOemIRpQ">

 

Beijos e até  próxima semana

O conteúdo desse Blog pode ser reproduzido, desde que a fonte http://www.femmevolatil.com seja indicada.

Texto e fotos: Kely Martins Bauer

Revisão: Maria Lucia Castelo Branco

kely Pelo Mundo

Veja também

Comentários

  • Reply
    Iana Martins
    11 de novembro de 2015 at 8:47 pm

    Achei ótima a explicação. Faz muito sentido e nos permite pensar sobre nossa existência, na importância que temos fazendo parte da natureza.
    Lindas as fotos.
    Bjs

  • Deixe um comentário