6 de janeiro de 2016 Por
1 Em Áustria/ Reflexões/ Viagens/ Viena

Alpes austríacos, final de semana com cara de férias

Olá pessoal!

Hoje vou contar um pouquinho da parte doce do inverno no texto publicado no site Brasileiras pelo Mundo. Vamos ler?

Na Áustria o inverno é bem rigoroso e muito longo, podendo durar 6 meses que vão de novembro a abril. Inclusive em abril, quando já estamos exaustos do frio, ainda é possível ter alguns dias de neve e temperaturas bem baixas.

Essa estação do ano é bem complicada; temos noites longas, pois escurece por volta das 4 horas da tarde, e consecutivos dias cinzentos. Tudo isso e a temperatura, que chega abaixo de 15 graus.

Viena ainda tem uma característica muito peculiar: o vento por aqui não perdoa, e nos dias gélidos ele chega a dar aquela sensação de cortar a pele. Clique aqui para saber coisas que não te contaram sobre o inverno.

frio1jpg

Esse época do ano é dura e chega a levar muita gente a ter tristeza profunda e até mesmo depressão. Eu mesma já tive noites de choro sem saber o motivo e depois descobri que estava com sintomas da SAD (Seasonal Affective Disorder) uma “doença” bem característica do inverno.

Para minimizar um pouco dos efeitos negativos provocados pelo inverno é necessário criar soluções para aproveitar o que há de bom durante esses meses, e passar alguns dias nos Alpes é uma delas.

Quando se fala em Alpes, automaticamente a nossa mente associa a palavra às montanhas suíças e a neve, muita neve. Mas se tratando de Alpes, a Áustria também é bem privilegiada e tem uma paisagem de causar inveja a muitos países vizinhos, inclusive Itália e Suíça.

Cross country, aprendi por esses dias

Cross country, aprendi por esses dias

Existem vários esportes que podem ser praticados nas montanhas cheias de neve. Entre eles o trenó, cross country, snowbording, e claro… Adivinha meu preferido? Bingo! Isso mesmo! Pra mim um dos esportes mais legais para se praticar no inverno é o esqui.

Há vários destinos no país para se praticar o esporte, que não é barato, mas é muito divertido e vale a pena.

Pra quem mora em Viena, como eu, há pistas que ficam cerca de 1 hora meia a duas horas daqui. Para quem quiser optar por ir mais longe, há destinos de 3 a 5 horas de carro, também saindo de Viena.

Que tal ter um final de semana com cara de férias?

Na Áustria isso é possível. Como tudo é bem pertinho, o acesso às montanhas é fácil e as cidades, próximas aos lagos e florestas, fazer um final de semana ter cara de férias não é difícil. Se forem dias de sol então, a cena se torna mais prazeirosa.

Eu costumo dizer que sair por dois dias para passear fora de Viena ás vezes nos dá a sensação de que estamos de férias por uma semana. Por outras vezes pegamos férias de apenas um dia, o que é bem comum na Áustria, e prolongamos o final de semana.

São tantos destinos que fica difícil escolher um. Como eu adoro o estado de Salzburg, vou contar um pouquinho da minha última experiência por lá. A região oferece muitas montanhas legais para esquiar. E se você for amador ou nunca esquiou, lá é o lugar ideal para alugar o equipamento e fazer umas aulinhas nas escolinhas existentes no local.

Existem várias cidades e vilarejos que parecem cidades cinematográficas de tão limpinhas, fofinhas e arrumadinhas.

Todos os anos vou pelo menos uma vez a Dorfgastein, uma pequena cidade a que fica a 80 km da cidade de Salzburg e a 3 horas de carro de Viena. O vilarejo é um charme e super antigo. Estivemos num hotel que existe desde 1341. O restaurante é maravilhoso e oferece porções bem servidas a preço justo, como em quase todo lugar na Áustria.

A montanha para esquiar estava super preparada, apesar de esse ano o inverno estar um pouco estranho e com pouquíssima neve se comparado a ano anteriores.

No caminho se viam canhões que “produzem” neve, deixando a pista perfeita e o melhor, quase não tinha gente nas pistas.

Geralmente eu esquio duas horas direto e depois faço pausa em uma das cabanas espalhadas pela montanha. A pausa é um bom momento para interagir, encontrar com o pessoal, comer, beber e lógico, descansar um pouco.

Cabana na montanha

Cabana na montanha

As cabanas, que na verdade são restaurantes, são bonitas e mais parecem casinhas de boneca, feitas de madeira e com decoração bem romântica e rústica; algumas, rústicas chic, que eu adoro. De lá, esquiamos mais um pouco.

Depois do esqui geralmente se vai para última pausa final chamada de Après Ski. É muito engraçado porque é como uma discoteca onde o pessoal fica com a roupa e sapatos de esqui. Eu já aprendi o truque de deixar no carro um sapato extra e trocar as botas pesadas de esqui para poder ficar mais confortável.

A “festinha” acontece geralmente depois das 4 ou 5 horas da tarde, quando o acesso às gôndolas encerra e o pessoal se reúne para se divertir dançando, bebendo e comendo. O encontro sempre rende boas gargalhadas. A música que toca é uma espécie de caipira meio rock pop. É uma festa divertida, principalmente se você estiver em grupo.

Adoro esquiar, mas pra mim três dias são mais que suficiente por vez.

Não consigo tirar férias de muitos dias para esquiar; afinal, reservo cada dia para ir a destinos mais quentes.

E para quem não tiver muito tempo mas quer passar apenas um dia para esquiar, também é possível. Existem ônibus que saem de Viena e fazem o bate e volta, retornando à noite; é uma opção para quem quer aproveitar um pouco do lado bom do inverno. Agora, para quem não quiser ou não puder praticar os esportes na montanha, há em Viena pistas de patinação no gelo, que são boas pra alegrar um dia cinzento e, de quebra, ainda se pratica esporte.

E você, o que acha sobre o frio?

06.01 - 1

minha cara de feliz na neve!

minha cara de feliz na neve!

hotel

Hotel

comida típica da região – Spätzle

perigo

perigo perigo !!!! Schnaps traduzindo. cachaça

06.01 8 06.01-4 06.01- 3

minha cara de anda logo que era frio demaissss!!!!

minha cara de anda logo porque era frio demaissss!!!!

kely Pelo Mundo

Veja também

Comentários

  • Reply
    Iana Martins
    6 de janeiro de 2016 at 8:36 pm

    O que acho mais interessante é essa região há muitos esportes típicos do inverno, alguns até na água. Vejo alguns documentários na TV e tive a surpresa de ver uma variedade grande desses esportes. De certa forma é uma maneira divertida de lidar com o frio. Em Viena há sempre bons grupos de amigos. O que é sonho para muitos aí em Viena é realidade. Divirta-se minha irmã querida.
    Beijos,
    Iana

  • Deixe um comentário