21 de abril de 2015 Por
9 Em Reflexões

Almas felizes nasceram para voar!

 

IMG_4029O que me consola é saber que toda dor passa. O que me entristece é também saber que toda alegria também passa. A única coisa que fica são as lembranças e isso é o que vale a pena.

Foi assim que eu descobri que a gente cresce. Quando passamos por uma experiência dolorida, e não importa o quão dolorosa seja, temos a certeza de que não iremos morrer por isso.

Quando somos adolescentes ou ainda estamos na casa dos 20 ou 30 anos, as nossas emoções estão à flor da pele e a dor é tão intensa que parece que não iremos sobreviver.

Tudo é profundo. Todas as emoções são fortes, incluindo a alegria, euforia, contentamento e, lógico, a tristeza também. Porém, à medida que os anos passam, a pele vai ficando calejada e suportamos mais a dor, no entanto, com a certeza de que vamos sobreviver, de um jeito ou de outro.

E por mais que a nossa vontade seja de sair correndo, a responsabilidade nos segura e nos acalma. Acho que é isso que chamam de maturidade.

É chegada a hora de continuar, mesmo que a nossa carne e coração estejam feridos. É imprescindível não abrir mão do caminho que resolvemos trilhar.

Muitas das nossas dores são escolhas mal feitas. Claro que o fator sorte, também conta para as decisões acertivas. Mas nem tudo depende só de nós. Às vezes, a vida nos golpeia e são as escolhas de outros que nos impactam e nos fazem sofrer.

Mas não se esqueça: tudo passa! Nada é pra sempre! Somos todos provisórios e estamos só de passagem.

É necessário ter sempre em mente que a viagem é curta e tem hora pra acabar.

Se você tiver uma alma feliz, não se preocupe nem um pouco. O caminho do amor e da felicidade com certeza vão te buscar. As pessoas de almas felizes atraem e sempre voltam para a sua fonte.

Agora se você estiver carregando o peso da dor, durante essa viagem, lembre-se da boa notícia: isso certamente passará!

Uma alma feliz pode até se perder no caminho, mas a esperança sempre irá dar um jeito de guiá-la para o lugar correto.

Siga seu coração!

O resto, ah!, todo o resto passará! E se formos inteligentes, estaremos aqui apenas construindo saudade.

Como um amigo sempre diz; se deixou saudade é porque foi bom e só por isso já valeu a pena.

Almas felizes são livres e não podem se acorrentar e nem se aprofundar em tristezas. Elas logo dão um jeito de se livrar dessa agonia. Podem se prender, mas jamais se deixarão se sufocar por muito tempo!

Vá, alma feliz, esteja sempre pronta pra voar!!!

Beijos e até o próximo texto!

O conteúdo desse Blog pode ser reproduzido, desde que a fonte http://www.femmevolatil.com seja indicada.

Texto e fotos: Kely Martins Bauer

Revisão: Maria Lucia Castelo Branco

kely Pelo Mundo

Veja também

9 Comentários

  • Reply
    zelia
    21 de abril de 2015 at 12:45 pm

    Falou tudo amiga…bj

  • Reply
    Maria Lucia Silva Castelo Branco
    21 de abril de 2015 at 12:53 pm

    Este é um texto leve e consolador. Beijocas.

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      23 de abril de 2015 at 9:54 am

      Obrigada Fico muito feliz por vc ter gostado.
      beijos
      Kely

  • Reply
    Luiz
    22 de abril de 2015 at 12:53 am

    Kelinha, mandou bem… tava precisando ler isso hoje…um beijo te amo

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      23 de abril de 2015 at 9:53 am

      Que bom saber que o texto colaborou para algo positivo.
      Amo vc papai.
      beijos
      Kely

  • Reply
    Maria Celeste Pedroso
    22 de abril de 2015 at 9:54 pm

    Texto maravilhoso !!! Fato !!! Adorei !!!.. e assim q penso a vida …

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      23 de abril de 2015 at 7:12 am

      Oi celeste,
      Obrigada Fico feliz por ter gostado. Saudade de vc e desse sorriso maravilhoso.
      Beijocas
      Kely

  • Reply
    Iana Martins
    28 de abril de 2015 at 12:12 am

    Almas felizes nasceram para voar! A vida é rica e não saberíamos viver sem a mistura que a dor e a alegria nos causa. E o grande segredo talvez seja o equilíbrio. Nem tanto ao céu, nem tanto ao mar. O fato é que a vida é esta. Sejamos felizes, basta.
    Bjs irmã querida.

  • Deixe um comentário