4 de maio de 2017 Por
4 Em Áustria/ Comportamento/ Dica de Viena/ Viena

34 coisas que iremos valorizar nos próximos meses na Europa

felicidade

A primavera chegou e, é sem dúvida, a época mais esperada do ano. Viena está deslumbrante, e eu preparei uma listinha com 34 coisas que iremos valorizar nos próximos meses.  Quem mora em países frios, fica ansioso com os dias mais quentes e, inevitavelmente, cria uma rotina para desfrutar bem desses meses, que passam tão rapidamente.

Morando na Áustria,  a gente adquire muitos hábitos locais e um deles é olhar a previsão do tempo diariamente e, às vezes, até mais de uma vez por dia. Parece loucura, mas não é.  A mania é necessária até por uma questão organizacional, porque a programação será realizada  de acordo com o tempo.

Ai vai uma listinha de coisas que iremos valorizar nos próximos meses:

Viena o que fazer

. Janela aberta – parece estranho, mas sim, ter janela aberta é uma alegria;

. pés descalços, que coisa mais banal!! Não é não, meu amigo, quando se usam meias grossas nos pés durante mais da metade do ano;

. tomar sorvete – Isso a uma temperatura ambiente de 18 graus e com casacos leves e xales no pescoço;

. sentar no banquinho da praça só pra ver o povo na rua; também sentar no banquinho da praça para tomar sol, nos dias em que ele resolve aparecer ;

. usar sapatos de salto alto, sem meia-calça.

. tirar as sandálias das caixas, na expectativa de dias mais quentes, e usá-las assim que esquentar;

. usar bailarinas, mocassim e loafer;

. trocar as roupas do armário, colocando as do verão mais para frente;

. empacotar as luvas, colocar os casacos de inverno em outro armário, de preferência que você não os veja tão cedo, e as pashminas… ahhh, essas pode deixar à vista o ano inteiro, porque, até num dia de verão, o tempo resolve mudar. E muda tão rápido que uma chuva estraga a festa, porque a temperatura baixa bastante chegando, às vezes, a 10 graus, e você tem sempre uma que vem a calhar. Só empacotamos as de lã usadas no inverno tenebroso;

. sentar na varanda pra ler um livro, tomando chá, e mesmo que esteja de calça, casaco, xale, meia e embrulhada num cobertor, achando o máximo, só porque o sol está brilhando. Você tem a leve sensação de está quase no verão, mas o termômetro lá fora ainda marca 15 graus!

. trocar os equipamentos de esporte, jogar no porão as coisas de esqui e patinação no gelo e pegar a bicicleta, que é tempo de pedalar;

. colocar as plantas na varanda;

. contratar empresa para limpar as janelas. Opa!!!! Nem todo mundo faz  isso,  porque aqui é um serviço é caríssimo. Então, quem não pode, o jeito é botar a mão na massa ou melhor nas vidraças e deixar tudo limpinho;

. ver crianças gritando ou correndo nas ruas (dá aquela sensação de liberdade e de vida pulsando);

. passear nos parque para admirar e fotografar as flores maravilhosas. Se você quer saber onde fotografar em Viena, clique aqui.

. churrasco. O que tem de encontros em volta da churrasqueira, não dá para contar! Ah, o bom churrasco… Mas calma lá, churrasco aqui é um capítulo à parte!!!! Nada de carninha assando o dia todo. Na verdade, é uma churrasqueira móvel, quase que uma chapa quente. A cena é hilária, veja aqui ;

. sentar no jardim ou no parque;

. fazer picnic;

. Usar chapéu da coleção de primavera e verão;

. comer frutas da estação como morangos, damascos e cerejas;

. encontrar pessoas no centro da cidade e sentar nas mesas expostas nas calçadas;

. comprar roupas coloridas e já usá-las sem parecer a única “passarinha” alegre pela cida
de;

. passear devagar de mãos dadas, sem luvas, ali: mão com mão, pele com pele;

. andar calmamente para pegar o metrô ou o bondinho e, se perder um, não sofrer por ter que esperar 3 minutos pelo próximo! Porque no inverno, cada minuto no frio, e principalmente quando a temperatura é abaixo de zero, dura uma eternidade!

. sofrer porque o fim da tarde chegou e o sol precisa se despedir;

Olha a alegria do ser-humano

Olha a alegria do ser-humano

. ter mais leveza na vida porque o dia é mais longo;

. curtir, porque tem claridade natural em casa quando você chega do trabalho às 6 da tarde;

. ficar feliz, porque a cada dia o sol se pōe mais tarde e logo, logo, às 9 horas da noite ainda será claro;

. encontrar com a amiga e nem se importar se ela atrasou seus 15 minutos, afinal você não está congelando;

. estar consciente de que sessōes  de cinema serão reduzidas e só irão acontecer nos dias de chuva, e você reza para que isso não aconteça. Os cinemas continuam funcionando normalmente, mas, geralmente, as pessoas querem ficar do lado de fora e não numa sala fechada de cinema;

. fazer feira no mercado central com calma e não desesperada para pegar suas coisas e entrar no carro o mais rápido possível;

. ver o festival de música na frente da prefeitura.

. olhar seus shorts e biquinis e saber que daqui a quase 1 mês eles serão usados, quase que diariamente;

. e o melhor fenômeno: pessoas sorrindo na rua! Tratando você bem, por nada.

Ah, isso sim é vida! Essa são algumas das coisinhas que alegram a vida, e quem mora em países frios, com longos invernos, aprende a valorizar; e sabe por quê !? Porque isso tudo dura muito pouco, apenas, e com muita sorte, 4 ou 5 meses.

E você qual é a sua relação com as estações do ano?

Beijinho!!!!

Gostou desse assunto e quer saber de outras coisas me siga também no: 

  • Snapchat: kelypelomundo
  • Facebook: kelypelomundo
  • Twitter: kelypelomundo
  • Google: kelypelomundo
  • Youtube: kelypelomundo
  • Instagram: kelypelomundo

O conteúdo desse Blog pode ser reproduzido, desde que a fonte http://www.kelypelomundo.com seja indicada.

Texto e fotos :Kely Martins Bauer

Revisão: Maria Lucia Castelo Branco 

kely Pelo Mundo

Veja também

4 Comentários

  • Reply
    Iana Leite Martins
    4 de maio de 2017 at 2:21 pm

    Tudo isso porque o calor, sol chegou!! Maravilha é viver cada momento a seu modo. Bjs

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      20 de julho de 2017 at 6:08 pm

      delicia demais

  • Reply
    Viajento
    13 de julho de 2017 at 4:11 pm

    Para passear eu gosto do calor ameno, no dia a dia prefiro os dias frios. Mas realmente, inverno rigoroso e longo dá uma deprê depois de um tempo!

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      20 de julho de 2017 at 6:09 pm

      É verdade! Frio dói

    Deixe um comentário