5 de maio de 2014 Por
8 Em Frufru feminino/ Reflexões

33 coisas que vamos fazer e valorizar nos próximos 4 meses.

coisas de verao 2Talvez pra você que mora no Brasil, esse texto será meio sem sentido, mas quem, como eu, enfrenta inverno longo e rigoroso, entende o que vou falar por aqui.

O tempo anda meio louco e as estações estão estranhas. A primavera chegou, dessa vez, mais cedo.

Em abril chegou uma frente quente por duas semanas e depois voltou o frio. Agora sim em maio a vida realmente começa  a esquentar.

Foto 1Você alguma vez na vida já tinha prestado atenção que existe frente quente!? Eu não! Pra ser bem sincera nunca tinha levado previsão do tempo a sério, mas aqui a vida mudou isso em mim.

Todos os dias olho a previsão do tempo. A mania é necessária até por uma questão organizacional porque a programação vai de acordo com o tempo.

Então! A tal frente quente já amenizou um pouco o tempo ruim “Graças à Deus”!!!

Já não aguentava mais o frio rigoroso!

Apesar que este ano, por sorte, foi o inverno mais quente que vivi e por isso não reclamo não, apesar de ter sentido saudade da neve na cidade… mas pelo amor de Deus, deixa ela quietinha pra novembro!

Aprendi a duras penas a valorizar muitas das pequenas coisas que acontecem na vida, que muitas vezes nem percebemos. E ai segue a minha lista, com algumas delas:

. Janela aberta – parece estranho, mas sim, ter janela aberta é uma alegria;

. pés descalços; que coisa mais banal!! Não é não meu amigo, quando se usa meias grossas nos pés, mais da metade do ano;

. tomar sorvete. Isso a uma temperatura ambiente de 18 graus e com casacos leves e xales no pescoço;coisas do verao 1

. sentar no banquinho da praça só pra ver o povo na rua (também sentada no banquinho da praça pra tomar sol nos dias que ele resolve aparecer);

. usar sapatos de salto alto;

. tirar as sandálias das caixas, na expectativa de dias mais quentes, e usá-las assim que esquentar e chegar a uns 22 graus;

. usar bailarinas, mocassim e loafer;

. trocar as roupas do armário, colocando as do verão mais para frente;. empacotar as luvas, colocar os casacos de inverno em outro armário, de preferência que você não os veja tão cedo, e as pashminas… ahhh essas pode deixar a vista o ano inteiro, porque até num dia de verão o tempo resolve mudar (e muda tão rápido que uma chuva estraga a festa, porque a tempeatura abaixa bastante chegando às vezes a 10 graus e você tem sempre uma que vem a calhar e te proteger). Só empacotamos as de lã usadas no inverno tenebroso;

. sentar na varanFoto-26da pra ler um livro, tomando chá e vestindo calça, casaco, xale, meia e embrulhada num cobertor, achando o máximo só porque o sol está brilhando. Você tem a leve sensação de está quase no verão, isso tudo a 15 graus lá fora!

. trocar os equipamentos de esporte, jogar no porão as coisas de esqui e patinação no gelo e pegar a bicicleta, que é tempo de pedalar;

. colocar as plantas na varanda;

. contratar empresa para limpar as janelas. Opa!!!! Nem todo mundo faz  isso,  porque aqui é um serviço é caríssimo. Então, quem não pode, o jeito é botar a mão na massa ou melhor nas vidraças e deixar tudo limpinho;

. ver crianças gritando ou correndo nas ruas (dá aquela sensação de liberdade e de vida pulsando);

. passear nos parque para admirar e fotografar as flores maravilhosas;

. churrasco. O que tem de encontros em volta da churrasqueira, não dá para contar! Ah o bom churrasco… Mas calma lá, churrasco aqui é um capítulo a parte!!!! Nada de carninha assando o dia todo. Na verdade, é uma churrasqueira móvel, quase que uma chapa quente. A cena é hilária, mas tema para outro post;

Foto 2. sentar no jardim ou no parque;

. fazer picnic;

. Usar chapéu da coleção de primavera e verão;

. comer frutas da estação como morangos, damascos e cerejas;

. encontrar pessoas no centro da cidade e sentar nas mesas expostas nas calçadas;

. comprar roupas coloridas e já usá-las sem parecer a única “passarinha” alegre pela cidade;

. passear devagar de mãos dadas, sem luvas, ali: mão com mão, pele com pele;

. andar calmamente para pegar o metrô ou o bondinho e se perder um, não sofrer por ter que esperar 3 minutos pelo próximo! Porque no inverno cada minuto no frio, e principalmente quando a temperatura é abaixo de zero, dura uma eternidade!

. sofrer porque o fim da tarde chegou e o sol precisa se despedir;

. ter mais leveza na vida porque o dia é mais longo;

. curtir, porque tem claridade natural em casa quando você chega do trabalho às 6 da tarde;

. ficar feliz, porque a cada dia o sol se pōe mais tarde e logo logo às 9 horas da noite ainda será claro;

. encontrar com a amiga e nFoto-26em se importar se ela atrasou seus 15 minutos, afinal você não está congelando;

estar consciente de que sessōes  de cinema serão reduzidas e só irão acontecer nos dias de chuva, e você reza pra que isso não aconteça. Os cinemas continuam abertos normalmente, mas geralmente as pessoas querem ficar do lado de fora e não numa sala fechada de cinema;

. fazer feira no mercado central com calma e não desesperada pra pegar suas coisas e entrar no carro o mais rápido possível;

. ver o festival de música na frente da prefeitura.

. olhar seus shorts e biquinis e saber que daqui a quase 1 mês eles serão usados, quase que diariamente;

. e o melhor fenômeno: pessoas sorrindo na rua! Te tratando bem por nada.

Ah isso sim é vida! Essa são algumas das coisinhas que alegram a vida e quem mora em países frios, com longos invernos, aprendeu a valorizar e sabe por que !? Porque isso tudo dura muito pouco, apenas, e com muita sorte, 4 ou 5 meses.

Beijinho!!!!

 

Texto: Kely Martins Bauer / Revisão: Cinthia Stylianou

Imagens: Internet. Se alguma foto for sua e você deseja que ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Iremos atender sua solicitação o mais breve possível. Obrigada.

kely Pelo Mundo

Veja também

8 Comentários

  • Reply
    Iana Leite Martins
    5 de maio de 2014 at 11:29 am

    Nossa!! Fiz uma viagem em suas descrições.
    Eu sou muito friorenta e sou muito mais dos dias quentes do que dos frios. Aqui deveríamos utilizar mais os parques, praças.. Gosto de ver as pessoas, falar com elas, observar.
    Beijos mil.

  • Reply
    Ana Paula
    5 de maio de 2014 at 1:25 pm

    Nós, aqui no Brasil somos felizes o ano todo e nem sabemos o porquê! Ou sabemos! A verdade é que o seu texto demonstra exatamente que você tem a percepção e sabe a importância de cada coisa e as valoriza, que lindo! Amei o texto! Aproveite cada coisa, cada cor, cada detalhe e nos surpreenda com suas fotos, amore! Beijos pra você!

    • Reply
      Kely Martins Bauer
      13 de maio de 2014 at 8:05 pm

      Ana, é verdade eu valorizo tanto agora as pequenas coisas!
      Beijos
      K.

  • Reply
    Lucia Castelo Branco.
    5 de maio de 2014 at 2:44 pm

    Que barato!!!!! Aqui o sol já está brilhando há dias, porque o período da seca parece que se antecipou. Eu sou daquelas pessoas que conseguem esbanjar sorrisos caminhando pelo Parque de Águas Claras e se sentindo feliz.
    Aproveite bem essa temporada maravilhosa. Beijos carinhosos.

  • Reply
    Hora de faxinar! | Femme Volátil
    6 de maio de 2015 at 8:17 am

    […] passado, escrevi sobre as 33 coisas que vamos valorizar nessa estação. E o ritual se repete. A vida em países onde as estações do ano são bem definidas, passa a […]

  • Reply
    Primavera em Viena- Onde fotografar belas flores? | Femme Volátil
    25 de abril de 2016 at 2:11 am

    […] coisas especialmente quando a estação do ano muda do inverno para a primavera. Neste post aqui escrevi 33 coisas que valorizamos nos próximo 4 […]

  • Deixe um comentário