28 de julho de 2016 Por
0 Em Reflexões

12 Coisas que não gostamos do verão austríaco

Um dos hábitos dos austríacos é falar todo ou quase o dia todo sobre o tempo. No início eu achava que era conversa jogada fora no elevador, para quem não tem assunto, mas com o passar dos anos, percebi que o assunto é sério e é realmente de interesse das pessoas saber como estaria o tempo, especialmente quando se conversa sobre viagem.

Fora isso, os austríacos assistem à previsão do tempo na televisão e olham seus aplicativos no telefone para se manterem informados sobre o assunto. Isso porque o tempo influencia em tudo que iremos fazer no dia, desde a forma de se vestir, organização da programação de lazer ou até mesmo encontros profissionais. E é por essas e outras que falar sobre o tempo aqui é um assunto relevante.

verao-3

Quando se fala em Áustria, as pessoas geralmente conectam o país com imagens de seus Alpes e o frio do inverno rigoroso, que dura mais de 6 meses. É um período árduo e muito longo e, por isso, é assunto sempre presente nas conversas locais. Durante essa estação do ano, sempre olho a previsão a cada três dias, pois não há uma variação muito grande nos termômetros. Porém, quando a primavera e o verão chegam, eu passo a acompanhar a previsão do tempo diariamente e, em alguns dias, até mais de uma vez. Isso porque nesse período os dias são instáveis e a temperatura pode mudar bruscamente de uma hora para outra.

Estranhamente, Viena é uma cidade muito, muito quente, e ninguém acredita quando falamos no assunto, especialmente porque, como mencionei acima, as pessoas sempre pensam no frio dos Alpes austríacos. Contudo, apesar de um inverno rigoroso, temos para compensar um verão muito, muito quente.

Apesar de ser a uma das estações mais esperadas do ano, o verão também tem seu lado obscuro. Os austríacos acham esquisitérrimo quando comentamos que aqui é muito quente. Eles não entendem porque uma pessoa vinda de um país tropical considera o verão quentíssimo. Inclusive conheço brasileiros que não gostam dessa estação por aqui. Há dias que, confesso, a situação é complicada, porém eu não reclamo porque, afinal, passa tão depressa! Hoje vou compartilhar com você minha experiência dessa época do ano.

1- Infraestrutura – A Áustria é extremamente preparada para o inverno. Em cada lugar que você chegar terá calefação. Já no verão, quase nenhum lugar tem ar condicionado .E para que os austríacos entendam o que nos incomoda nessa época do ano, eu sempre explico que no Brasil a situação é inversa, porque, como temos altas temperaturas a maior parte do tempo usamos sempre ar condicionado; ao contrário, no inverno, passamos frio, já que o período é tão curtinho que não vale a pena o investimento em calefação. Resumindo: morremos de calor na Europa e passamos frio no Brasil.

Recentemente, isso está mudando por aqui. Com o aquecimento global o período está muito mais quente e as pessoas já estão investindo em ar condicionados. O governo, inclusive, já está colocando ar condicionado em alguns meios de transporte público, para conforto da população. Esse ano, meu marido resolveu investir no equipamento para que nós não fritemos em casa.

2- Vento quente – Outra coisa interessante é que em Viena venta muito. No inverno o vento é gélido e no verão parece que estamos debaixo de um secador de cabelo. Então, nos dias quentes, com temperaturas acima dos 30 graus, as pessoas mantêm as janelas fechadas e só abrem à noite, quando esfria um pouco. Brisa gostosa como temos no Brasil? Isso não existe nessa cidade.

verao43- Bichos voadores – Os mosquitos atacam no verão. Outros voadores bem conhecidos por aqui são as abelhas e as vespas. Elas são enormes e perigosas. Tenho uma amiga que foi picada enquanto estava tomando uma G´Spritzer, a bebida austríaca que é uma mistura de água gasosa com vinho branco. É preciso ficar atento para não ser picado. Um inseto que é bem famosinho por estas bandas é o Zecke, uma espécie de carrapato. É preciso se prevenir tomando 3 doses da vacina. Por enquanto, a Zika e a Chincungunha não chegaram por aqui.

4- Pólen – A primavera e o verão são terríveis para quem é alérgico. Muita gente desenvolve alergias com o passar dos anos .

5- Mau cheiro no metrô – Sim, os trens do Metrô de Viena fedem muito, mas nem sempre é porque as pessoas não tomaram banho e sim, porque algumas delas usam a mesma roupa mais de uma vez e, aí, não é possível. O odor no metrô é azedo. E já que estamos falando de metrô, outra coisa que me causa estranheza por aqui é o fato de, às vezes, nos deparamos com cenas pouco usuais na cultura brasileira, como no caso de ver axilas cabeludas. O que pode incomodar e chega a ser desagradável quando vemos as axilas sem camisa, especialmente quando metro está lotado e as pessoas com os braços para cima. Apenas para constar como curiosidade sobre o assunto, muitos homens, por aqui, se depilam. Acho isso um fato curioso e confesso que gosto.

6- Perder a noção do horário – Como escurece mais tarde, perdemos um pouco da noção do tempo. Por isso é sempre bom ficar de olho no relógio !

7- Muitos estabelecimentos fecham nessa época do ano. Afinal, eles também querem curtir o verão

verao-1

8- Desânimo para trabalhar – Especialmente nos dias de sol, trabalhar em escritório é dureza. Algumas empresas adotam o esquema de compensação de horas anuais. Com isso, é possível usar as horas extras saindo mais cedo no verão.

9-Segurança – Nessa época do ano aumentam os pedintes nas ruas e o número de furtos, então é preciso redobrar a atenção com os famosos “mãos leves”.

10- Férias das crianças – Muitos destinos ficam caros por causa da temporada e, como as crianças estão de férias, os lugares ficam cheios; portanto, se quiser tirar férias durante o verão europeu, planeje com antecedência.

11- Eventos Parece que todo mundo quer se encontrar para fazer churrasco, e as agendas ficam extremamente cheias nessa época.

12- Temperatura instável – O tempo é bem maluquinho no verão e mesmo em dias quentes, com temperaturas a 35 graus e sensação térmica de 40 graus, às vezes cai um temporal e a temperatura vai lá pra baixo. Então minha dica é: traga sempre xale ou casaco leve ou de chuva, desodorante, água termal para aliviar o calor e uma garrafinha de água para encher nos bebedouros da cidade. Esse é o kit ideal para essa época do ano.

Quer seguir o verão austríaco comigo? Me segue no snapchat kelypelomundo.

Bom, vou ficando por aqui e, um beijo e até o próximo post

Texto publicado no site: www.brasileiraspelomundo.com  o site mais interessante sobre o olhar de brasileiras que moram por esse mundo  a fora.

kely Pelo Mundo

Veja também

Comentários

  • Reply
    Iana Martins
    22 de agosto de 2016 at 4:18 pm

    Bela Áustria!
    Beijos

  • Deixe um comentário