18 de novembro de 2015 Por
3 Em Delicias do paladar/ Reflexões/ Viena

10 dicas sobre comida em Viena

Oi gente querida!

Pra quem não viu a matéria delicia publicada em julho desse ano que saiu no blog Brasileiras pelo mundo aqui vai de novo. É claro que tem muito mais coisa pela cidade, quem sabe como tempo vou conseguindo escrever um pouco mais sobre o assunto.

Viena é uma cidade com muitas opções para quem curte gastronomia. Além de muitos restaurantes internacionais a comida local é bem interessante. Acredito que uma das formas de conhecer uma cultura é experimentando sua culinária.

Confesso que quando cheguei aqui não me adaptei tão rapidamente aos costumes locais. A comida é bem pesada, mas com o tempo me acostumei. Não sinto falta de arroz com feijão, mas carne em geral é sempre bem-vinda.

Observo também que alguns leitores sempre perguntam onde comer e o que comer na capital austríaca.

Vamos às dicas, então?

1- Naschmarkt– É o mercado central da cidade e o nome é a junção de duas palavras: nasch que vem do verbo petiscar (naschen) e mercado (markt). Ele existe desde 1786 e no formato atual, desde 1910.

É um lugar delicioso! Funciona de segunda a sábado com mais de 120 tendas com frutas frescas e desidratadas, verduras, queijos, pães e outras delícias do paladar. Lá também é possível fazer uma pausa para aproveitar cafés, restaurantes e bares de diversas nacionalidades.

Naschmarkt

Naschmarkt

Se você adora frutos do mar eu indico o restaurante Umar que é no início da feira e o restaurante Nautilus que que fica no meio do mercado. Além do serviço ser bom, a comida é maravilhosa, e claro que deve ser acompanhada de um delicioso vinho branco austríaco. A dica serve tanto para o almoço quanto para o jantar. Eu aconselho fazer reserva por telefone, pois normalmente dependendo do dia e do horário o lugar é bem disputado. Detalhes nos sites: http://www.nautilus-fischrestaurant.at e http://www.umarfisch.at.

Vale lembrar que quem gosta de antiguidade e for ao mercado aos sábados, pode aproveitar para visitar o mercado das pulgas, que fica bem ao lado.

Restaurante Nautilus

Restaurante Nautilus

2- Salsicha – Em 1971 foi inventada na Áustria a melhor salsicha que existe. Desculpem-me os alemães, mas a especialidade austríaca bate o recorde em delícia. Batizada de Käsekrainer, ela é feita de carne de porco e no seu interior tem um queijo que ao ser cozido derrete. Ela é cortada em pedaços acompanhada com pão preto e servida com mostarda. E é possível comprar nas barraquinhas de salsichas espalhadas pela cidade chamada de Würstelstand. Outra opção é a salsicha no formato de hotdog, ela vai inteirinha dentro de um pão bem comprido.

3- Sachertorte e Apfelstrudel – Vou ser crucificada aqui, mas eu particularmente não gosto muito da Sachertorte. Acho ela um pouco seca. É uma torta de chocolate e no meio há um pouquinho de compota de damasco. Já experimentei algumas vezes e não me arregalou os olhos. E olha que eu adoro doce. Então se for para ficar com um doce tradicional eu indico a Apfelstrudel que é a torta de maçã. Mas se quiser experimentar a famosa torta de chocolate, vá à confeitaria onde você encontrará a original que fica no Hotel Sacher. O ambiente é super gostoso e por lá há outras opções gastronômicas. Informação no site: http://www.sacher.com 

Zimtschnecken-Scheiterhaufen mit vanielleeis, uma delícia dos deuses!

Zimtschnecken-Scheiterhaufen mit vanielleeis, uma delícia dos deuses!

4- Apfelstrudel – Eu experimentei no verão  o doce mais gostoso de Viena. A Apfelstrudel é boa em quase todo lugar. Não tem erro. Mas eu agora descobri o restaurante Lugeck. Ele é relativamente novo e pertence ao dono da casa mais tradicional de Wienerschnizel (vamos falar em seguida). Lá eles servem o Zimtschnecken-Scheiterhaufen mit vanielleeis. O doce é servido com três porções. Uma espécie de torta quente de maçã com canela e suspiro por cima, servida ao lado de uma compota de maçã e para finalizar, sorvete de baunilha. Uma sobremesa dos deuses. Se o tempo estiver bom, procure reservar uma mesa do lado de fora. http://www.lugeck.com

A famosa milanesa austríaca encontrada em diversos restaurantes

A famosa milanesa austríaca encontrada em diversos restaurantes

5- Schnitzel – A comida mais amada em Viena é sem dúvida a tradicional Wiener Schnitzel. Criada em 1831, é um bife fininho de vitelo à milanesa. Há também o Schnitzel que é feito com carne de porco. O prato é acompanhado de salada de batatas cozidas, um pouquinho de vinagre, cebola, cebolinha e rodelas de limão, ou pode ser também servido com batatas fritas. A casa mais tradicional de Viena é o Figlmüller, onde a porção é servida em apenas um enorme pedaço bem fininho, mas outros restaurantes também servem o delicioso prato. As porções geralmente são grandes e dependendo da fome, servem duas pessoas.

6 – Cafés – Difícil definir onde ir, já que a cada esquina se encontra um café gostoso em Viena. Se você quiser ter a sensação de voltar no tempo e estar num lugar requintado e ao mesmo tempo despojado, indico o Demel. Os doces são bem gostosos por lá.

Há também o Café Central. Meu lugar preferido na cidade. Lá, além de ser super elegante não tem frescura. Os doces são fabulosos e quem quiser ainda pode fazer pequenas refeições. A visita vale nem que seja pelo ambiente.

comida5

Sorvete de damasco

7- Tichy – Imagina uma bola de sorvete cremoso e dentro, pedaços de damasco. O sorvete é único e um sucesso. Você pode consumir no local ou levar para casa e deixar no congelador. A loja fica longe do centro, mas vale a pena a visita. O ambiente nos lembra dos filmes dos anos 50, com atendentes vestidas com uniforme listrado vermelho e branco e na cabeça elas usam um chapéu no formato de barquinho. Fofo demais. http://www.gastroweb.at/tichy-eis/

8- Picanha – A gente sempre associa picanha a churrasco, não é mesmo? Mas na Áustria se come a carne cozida. Chamada Tafelpitz, a carne é cozida numa sopa de verduras que se toma logo no início da refeição. Depois da sopa, a carne é servida com três molhos. Um feito de raiz-forte com maçã ralada (Apfelkren), outro feito de uma espécie de creme de leite e iogurte com cebolinha picada (Schnittlauchsauce) e um molhinho de pãozinho (Semmelkren). Além disso, para acompanhar há batatas tostadas e um creme delicioso de espinafre.

A melhor picanha cozida da cidade é sem dúvida a do restaurante Plachutta, lembrando que fazer reserva é fundamental e os preços são justos. http://www.plachutta.at/de/home/

E por falar em picanha, a última dica é pra quem está com saudade de casa!

9- Churrascaria –Acho que não preciso nem dizer como funciona, não é mesmo? O ambiente é simples e a comida, uma delícia. É tudo bem brasileiro: a decoração, a língua, o cardápio e os garçons. Definitivamente é um lugar para matar a saudade do Brasil. http://www.churrascaria.at

E por último uma dica importante:

10 – Na hora de pagar a conta – na Áustria não se cobra 10% de serviço. Então, se você aprovou o serviço e a comida, inclua a gorjeta no pagamento da conta. Aqui geralmente a gente arredonda o preço. Além de facilitar o troco, ainda contribui com o salário do garçom.

Outra coisa interessante é que a conta pode vir junta ou separada. Se você falar para o garçom que quer pagar a conta separada, ele vai calcular a sua parte e assim ele vai cobrando separadamente de cada pessoa na mesa – o que simplifica muito, principalmente quando se está num grupo grande.

Em outro post irei falar das tavernas e a tradição de vinhos por aqui.

Mahlzeit! Bom apetite!

 

kely Pelo Mundo

Veja também

3 Comentários

  • Reply
    Iana Martins
    2 de dezembro de 2015 at 9:42 pm

    Delícia, requinte!! Ótimas dicas.
    Bjs

  • Reply
    Áustria – 10 nomes de estabelecimentos para comer e beber
    20 de abril de 2016 at 12:12 pm

    […] faltar um local destinado apenas para a venda desse produto. Na Áustria, inclusive, existe a Käsekrainer, que é uma salsicha com queijo derretido. Uma delicia […]

  • Reply
    Áustria – Mini guia com 12 mercadinhos de natal para visitar em Viena | Femme Volátil
    10 de novembro de 2016 at 8:44 pm

    […] tem cheiro de especial de canela, baunilha e pão além das famosas salchichas austríacas como Käsekrainer .  Lá os 76 artesãos expõem nas barquinhas seus produtos […]

  • Deixe um comentário